"Pobres de Espírito": Você é um deles?

O que seria um "pobre de espírito"? No popular tal conceito aplica-se aos mesquinhos, aos moralmente adoecidos, impregnados de um egoísmo arrogante e desafetuoso.

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 3 Outubro de 2014 as 11:23

"Pobres de Espírito": Você é um deles?A primeira das "bem-aventuranças" é: "Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus." (Mt 5.3).

O que seria um "pobre de espírito"? No popular tal conceito aplica-se aos mesquinhos, aos moralmente adoecidos, impregnados de um egoísmo arrogante e desafetuoso. São os carnais insensíveis, pulsantes em seu hedonismo cobiçoso.

Mas na linguagem bíblica, Jesus nos apresenta um sentido diferente, oposto. O respectivo, é um felizardo, um abençoado e Seu Reino, a esses tais pertence.

Como assim? É que para o Mestre, o pobre em/de espírito é o indigente que em dependência absoluta do Pai vive; é o de alma deliberadamente desconstruída para que tudo seja refeito a partir de Deus; é o resignado de coração que leva sim desaforo para casa e os deposita aos pés da cruz; é o que amortece o mal e o neutraliza em intercessão aos céus devolvendo as maldições com bênçãos; é o que fez calar e sossegar seu coração aflito, inseguro e ansioso debruçando-se no Altar em confiança cega; é o que não resiste ao perverso, entrega-lhe a capa, a túnica, o celular, o relógio, a carteira; é o que não reivindica direitos, nem estabelece juízos, muito menos deixa o sol se por sua ira; é o que anda em gratidão cheia de contentamento, sabedor de que será sempre melhor dar do que receber.

Enfim... Você é um pobre de espírito? Você quer ser um? O Caminho ainda lhe apetece, seduz, inspira? Ou, como os discípulos, dirá: Dura são essas palavras?

Pense nisso e como um mendigo viva sua espiritualidade, se é que você quer ser "feliz" (bem-aventurado)!

Por Bruno Brandão - Pastor e Escritor

veja também