Pr. Jabes Alencar comemora atuação da igreja: 'Em todos os aspectos estamos avançando'

Durante uma solenidade pró Marcha para Jesus na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o pastor falou com exclusividade ao Guiame sobre o impacto do evento no País.

fonte: Guiame, Luana Novaes

Atualizado: Sexta-feira, 29 Maio de 2015 as 9:57

Pastor Jabes Alencar, fundador da Igreja Assembléia de Deus Bom Retiro.
Pastor Jabes Alencar, fundador da Igreja Assembléia de Deus Bom Retiro.

 

O evangelismo no Brasil está em um ótimo momento para o Pastor Jabes Alencar, fundador da Igreja Assembléia de Deus Bom Retiro. Durante uma solenidade pró Marcha para Jesus na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o pastor falou com exclusividade ao Guiame sobre o impacto do evento no País.

"Eu creio que a gente está vivendo um momento muito estratégico no Brasil, e a Marcha desse ano, mais do que nunca, vai marcar a situação política no Brasil em um aspecto positivo. Ou seja, qualquer manifestação hoje termina em bandalheira, quebra-quebra, há sempre isso. E a Marcha tem esse diferencial, termina e você não vê nada, é uma paz tremenda", expressa Alencar.

O pastor explica que há um significado profético no evento, que está marcado para o dia 4 de junho, na capital paulista. "A Marcha é quando a igreja pisa profeticamente no País, nesse momento que o Brasil vive um período tão conturbado politicamente. O aspecto político para a Marcha é muito positivo, e logicamente contribui para a unidade da igreja, o que é o principal."

Evangelismo no Brasil

"Está impactante, acho que a igreja está atuante em todos os setores da sociedade. Hoje o presidente da Câmara Federal e os ministros ou são evangélicos ou são amantes do Evangelho", disse Alencar sobre a atuação política da igreja.

Jabes comemora o crescimento e relevância da igreja em todas as camadas sociais. "Hoje igreja de mil ou duas mil pessoas virou igrejinha. O momento da igreja brasileira é muito bom, em todos os aspectos estamos avançando; logicamente respeitando as diferenças, o que é muito importante."

"É a multiforme graça de Deus. Deus trabalha nas diferenças, cada um é de um jeito. Jesus orou: 'Pai, quero que eles sejam um'. Acho que o evangelismo hoje é positivo demais", finaliza.

veja também