Primeira igreja evangélica gay do Grande ABC é inaugurada

Apoiando a união de casais do mesmo sexo, igreja gay defende sua doutrina: “não estamos sujeitos às proibições da lei de Moisés”.

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 25 Agosto de 2014 as 8:47

Expandindo o conceito “bíblia sem preconceitos”, foi inaugurada neste sábado (23) a primeira Igreja Cristã Contemporânea do Grande ABC, em Santo André (SP). Liderada pelo casal de "pastores" Marcos Gladstone e Fabio Inácio, a igreja que defende o homossexualismo como doutrina contou com cerca de 200 pessoas em seu primeiro culto, sendo essa a 9ª igreja da denominação, inaugurada no País.

De acordo com Jairo Lippi, líder responsável pela unidade de Santo André, o cerne da igreja está em "aceitar as pessoas como ela são". “A igreja é para todos, mas é principalmente focada no público GLS. Muitos homossexuais não se sentem à vontade em outras religiões, já que muitos pregam isso como se fosse algo errado. Aqui, a gente entende que não, até mesmo porque Jesus Cristo andava com as pessoas excluídas da sociedade, ou seja, o amor dele é incondicional”, disse.

O pastor Marcos Gladstone explica que foi necessário abrir mais uma unidade por causa da demanda. “Nós já temos um espaço no Centro de São Paulo, no Tatuapé, onde temos uma média de 500 fiéis. Deste total, cerca de 70 são do Grande ABC. Então percebemos que havia uma necessidade de um espaço aqui”, disse.

Toda a doutrina da igreja é voltada à defesa do homossexualismo como verdade bíblica, ainda que esta seja uma prática apresentada como pecado nas escrituras. De acordo com a visão doutrinária da Igreja Contemporânea, “hoje, como cristãos, vivemos na Nova Aliança ou tempo da graça e não estamos sujeitos a estas proibições da lei de Moisés; tanto é que, por exemplo, não guardamos os sábados, comemos carne de porco, camarões (Deuteronômio 14,3-21), alimentos com sangue (Deuteronômio 12) etc.”, afirma texto publicado no portal da igreja.

Recentemente, o pastor John MacArthur se posicionou em relação à permissão da união de pessoas do mesmo sexo dentro da igreja. “Como cristão, você não deve comprometer o que a Bíblia diz a respeito da homossexualidade – Nunca.  Não importa o quanto você deseje ser compassivo com os homossexuais. Tua simpatia e tua exaltação deve ser para Deus. Os homossexuais são desafiadores e sempre se rebelaram contra a vontade de seu Criador. Desde o principio Deus os fez homem e mulher". Segundo MacArthur, os defensores da união gay têm sido negadores da autoridade bíblica, não têm relação nenhuma com as escrituras, "eles são a igreja apóstata, são a igreja de satanás”.

Com informações do jornal do Grande ABC e inforgospel

www.guiame.com.br

 

 

veja também