Reinhard Bonnke: "Não precisamos de um barômetro ou termômetro para Deus"

Deus não tem temperamento e nunca muda. Deus não vem em ímpetos de avivamento. “Ele não entra em campo” – porque Ele nunca sai.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 23 Julho de 2014 as 10

adoraçãoO metereologista fala do vento predominante. Ventos mudam, mas há uma direção normal, geral – como, por exemplo, do oeste.

Também há um VENTO PREDOMINANTE do céu. O Espírito Santo constantemente vem com puro frescor de glória – sempre fluindo para nós.

Nós dizemos que Deus está se movendo em nosso favor em resposta à oração e isso é verdade... mas Ele se move EM DIREÇÃO a nós o tempo todo, com CORRENTES PREDOMINANTES de bênção e poder.

Deus NÃO vem a nós em rajadas de vento, numa explosão repentina e ocasional. As Escrituras nos ensinam que Deus não é uma força fraca um dia e uma força forte outro dia.

Nós não precisamos de um BARÔMETRO ou TERMÔMETRO para Deus. Deus não tem TEMPERAMENTOS e NUNCA MUDA. Deus não vem em ÍMPETOS DE AVIVAMENTO. “Ele não entra em campo” – porque Ele nunca sai.

Deus não tem nenhum FATOR INCERTO, mas nossa fé pode ser assim. O poderoso vento soprou no cenáculo aquele dia e não parou. Todos os que hastearam suas velas não precisam assoviar para o vento. Deus não tem estagnações e tédios. 


- Reinhard Bonnke

 

veja também