Sabatistas não terão restrição para simulados do Enem durante o ano

Segundo o Ministério da Educação, o horário se adequa aos guardadores do sábado, que poderão iniciar o teste depois do horário do pôr-do-sol.

fonte: Guiame, com informações do site Notícias Adventistas

Atualizado: Quarta-feira, 4 Maio de 2016 as 11:20

esmo iniciando o exame mais tarde, os sabatistas chegam aos locais de prova no mesmo horário que os demais candidatos. (Foto: MEC).
esmo iniciando o exame mais tarde, os sabatistas chegam aos locais de prova no mesmo horário que os demais candidatos. (Foto: MEC).

Os estudantes do último ano do ensino médio das redes públicas e particulares realizaram no último sábado (30) o primeiro simulado on-line do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016, criado para cerca de 2,2 milhões de estudantes. O teste teve 80 itens, com a mesma metodologia de elaboração de questões do Enem.

Caso o aluno não tenha internet em casa, o simulado que é on-line e gratuito, pode ser feito também em instituições particulares e comunitárias e escolas estaduais de ensino médio. Se o estudante resolver fazer nesses locais, o horário de início do exame previsto é de 8h até as 12h (horário de Brasília). Esse mesmo horário deverá ser aplicado nos outros simulados previsto para os dias 25 de junho, 13 de agosto e 8 e 9 de outubro.

Segundo o Ministério da Educação, o horário se adequa aos guardadores do sábado, que poderão iniciar o teste depois do horário do pôr-do-sol. Os simulados terão o mesmo formato das questões do Enem, e as avaliações vão ser capazes de estimar uma nota para o exame.

No primeiro simulado, foram oferecidos 120 mil pontos de internet, em todo o país. Quem possui acesso à internet pôde fazer o simulado em computador, tablet ou celular próprios em casa mesmo. Para esses alunos, o simulado on-line fica disponível de 0h até às 20h do sábado. Assim que o estudante dá início ao exame on-line, ele tem até quatro horas, ininterruptas, para finalizá-lo.

Prova do Enem

Por motivo religioso, os adventistas desempenham apenas atividades religiosas e sociais do pôr do sol da sexta-feira até o pôr do sol do sábado. Trabalhar e estudar, por exemplo, é proibido. Os judeus celebram o shabat e também têm restrições neste período da semana.

Mesmo iniciando o exame mais tarde, os sabatistas chegam aos locais de prova no mesmo horário que os demais candidatos. Eles ficam confinados em salas até o início do exame.

veja também