Seis cristãos são presos por realizar estudo bíblico em casa de mulher, na Índia

Os seis foram denunciados por um vizinho. Eles estavam fazendo orações na casa de uma mulher que enfrenta dificuldades.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Quinta-feira, 30 Março de 2017 as 12:50

O cristianismo é a terceira maior religião na Índia, ficando atrás do hinduísmo e do islamismo. (Foto: Reuters).
O cristianismo é a terceira maior religião na Índia, ficando atrás do hinduísmo e do islamismo. (Foto: Reuters).

Seis homens foram presos na última quarta-feira (29) sob acusações de supostamente “forçar uma mulher a se converter ao cristianismo”, na Índia. As prisões ocorreram em Agra, no estado norte de Uttar Pradesh.

Eles foram detidos depois que um homem identificado como Bablu Jaatav, morador da aldeia de Gopalpur, alegou que seis cristãos estavam visitando a casa de sua cunhada na ausência de seu irmão mais velho para orar por ela e persuadi-la a adotar o cristianismo como fé.

De acordo com “Times of India”, o homem chamou os moradores locais e entregou os cristãos para a polícia. Ashok Kumar Singh, superintendente de polícia local, disse: "Durante a nossa investigação, os seis homens aceitaram que eles vieram para oferecer orações na casa de Sunita Jaatav pelo fato dela estar passando por tempos difíceis”, ressaltou.

O “Times of India” ainda relatou fontes dizendo que a filha de Sunita está prestes a se casar em abril, mas a família está enfrentando uma pressão financeira. "Com base na queixa por escrito de Bablu Jaatav, prendemos os homens e os reservamos sob a seção 153B do IPC (Imputações e afirmações prejudiciais à integração nacional)", disse uma declaração da polícia.

Os acusados ​​foram Michale de Icchapur de Chattisgarh, Sanjay Lodhi de Balaghat de Madhya Pradesh, Brijesh Jaatav de Kashmiri Gate no distrito de Hathras, Suraj Balmiki de Rakabganj, Sundar Singh Jaatav de Nagla Ajeet e Mahesh Chand Jaatav de Shahganj (Agra).

O cristianismo é a terceira maior religião na Índia, ficando atrás do hinduísmo e do islamismo, com quase 30 milhões de cristãos, constituindo 2,3 % da população da Índia. A ascensão do nacionalismo hindu de direita tem aumentado a pressão sobre as religiões minoritárias, com frequentes tentativas de "reconversão" dos cristãos ao hinduísmo, visto pelos adeptos da ideologia hindu como a fé padrão de todos.

veja também