Seis das maiores denominações pentecostais se reúnem para discutir crises que a Igreja enfrenta

Foram discutidos temas como os efeitos do terrorismo, o papel da igreja na harmonia racial, a liberdade religiosa e o casamento com pessoas do mesmo sexo.

fonte: Guiame, com informações de Charisma News

Atualizado: Sábado, 28 Fevereiro de 2015 as 2

Imagem ilustrativa: mãos levantadas em adoração durante culto.
Imagem ilustrativa: mãos levantadas em adoração durante culto.

 

Líderes de seis denominações pentecostais mundiais, que representam mais de 90 milhões de membros juntas, se reuniram em Los Angeles, EUA, para discutir os temas críticos da igreja no mundo. 

Durante três dias, líderes cristãos discutiram sobre os temas mais críticos na igreja, como os efeitos do terrorismo, o papel da igreja na harmonia racial, a liberdade religiosa e o casamento com pessoas do mesmo sexo.

Entre os líderes presentes, estavam George Wood, superintendente geral da Igreja Assembleia de Deus; Glenn Burris, presidente da Igreja Internacional do Evangelho Quadrangular, entre outros representantes de igrejas no mundo.

"Esta foi uma reunião histórica. Nós somos todos netos e netas do avivamento da Rua Azusa, e nestes dias, o Espírito Santo está nos atraindo a este testemunho comum, cumprindo a oração de Jesus: que o mundo nos conheça pelo nosso amor de uns pelos outros”, disse George Wood.

Glen Burris enfatizou que "há um forte sentimento de que as conversas entre nós pareceu muito com a igreja primitiva, que experimentou um acordo 'dinâmico’. Um provérbio Africano diz: "Se você quiser ir rápido, vá sozinho. Se você quer ir longe, vá junto.”

 

 

veja também