Morador de rua supera dificuldades e entra na faculdade: "Posso tudo naquele que me fortalece"

Aos 19 anos de idade, Fred Barley não se importou em pedalar por horas sob um sol escaldante e dormir em uma barraca armada no campus da Universidade para realizar o seu sonho de se tornar médico.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Sexta-feira, 22 Julho de 2016 as 1

Fred Barley experimentou muito da generosidade dos moradores de Barnesville, Georgia, nos EUA. (Foto: Facebook)
Fred Barley experimentou muito da generosidade dos moradores de Barnesville, Georgia, nos EUA. (Foto: Facebook)

Pedalar em uma pequena bicicleta durante seis horas sob um sol escaldante? Sem problemas. Se abrigar em uma tenda por dias à espera para a abertura da escola? Sem problemas. Se alimentar com uma caixa de cereal e dois litros de água até que encontre um emprego? Sem problemas.

Para o jovem Fred Barley, de 19 anos de idade, esses são apenas pequenos inconvenientes que não poderiam impedí-lo de perseguir seu sonho de se tornar médico um dia.

Na semana passada, ele deixou Conyers, sua cidade natal, usando a bicicleta de seu irmão e dirigiu durante durante seis horas sob o calor de 37 graus do verão do estado da Georgia (EUA) para se inscrever para as aulas para o segundo semestre do curso de biologia da Faculdade Estadual Gordon, em Barnesville, Georgia. Ele carregava duas mochilas que incluíam uma caixa de cereais e dois litros de água, segundo relatos da 'WSB-TV 2' Atlanta.

No entanto, quando chegou ao campus da escola, ele descobriu que os dormitórios não abririam até o próximo mês. Então Barley decidiu esperar do lado de fora, armando uma barraca, apoiada em alguns arbustos do campus.

O rapaz começou a procurar por qualquer tipo de trabalho que pudesse ajudá-lo a comprar comida. Quando ele voltou para a sua barraca na noite de sábado, ele foi surpreendido por policiais, que o abordaram e ordenaram que ele saísse com as mãos para cima.

Mas os oficiais rapidamente perceberam que Barley não representava uma ameaça, quando se sentaram e ouviram a sua história.

Os oficiais disseram-lhe que não podiam permitir que ele permanecesse com sua tenda armada no campus da Universidade. Mas em vez de simplesmente expulsá-lo dalo, os oficiais fizeram algo extraordinário: Levaram-no para um hotel local e pagaram - de seus próprios bolsos - por duas noites de hospedagem.

Isso foi apenas o começo das boas notícias para Barley. A esposa de um dos oficiais postou sua história em uma página da comunidade de Barnesville no Facebook e centenas de pessoas começaram a ajudá-lo de diversas formas.

Casey Blaney, um residente local, ouviu a história de Barley e ajudou a encontrar um emprego na pizzaria de Debra Adamson, que contratou Barley instantaneamente.

Além disso, o rapaz também recebeu doações de roupas, material escolar, sapatos e uma bicicleta nova. As pessoas também se apresentaram como voluntárias para cuidar de suas necessidades médicas e dentárias.

Casey ainda criou uma página no Facebook chamada "Sucesso para Fred" e também lançou uma página no site colaborativo 'GoFundMe', que arrecadou mais de 184.000 dólares para pagar os estudos de Fred Barley, segundo relatou a CBN News.

Barley disse que sente-se extremamente grato por toda a bondade da população, mesmo que todas essas pessoas nem o conhecessem antes.

"Alguns dos presentes não são tão importantes quanto os amigos que fiz. Mais importante que as roupas e os sapatos, as relações significam muito mais para mim", disse ele.

Ele disse que Deus tem sido a força motriz que o mantém firme em seu propósito.

"A Bíblia diz: 'Posso todas as coisas naquele que me fortalece'. Então eu sei que posso", disse ele. "Minhas pernas podem trabalhar. Milhões de pessoas vão trabalhar à pé ou de bicicleta todos os dias. Eu definitivamente acho que eu posso pedalar por algumas horas para chegar ao meu futuro".

veja também