Silas Malafaia: "Somos religiosos e não deixamos de ser cidadãos"

Silas Malafaia: "Somos religiosos e não deixamos de ser cidadãos"

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:02
Silas Malafaia: "Somos religiosos e não deixamos de ser cidadãos"Na última quinta-feira, 20/03, Silas Malafaia disparou críticas contra a atual situação política do Brasil. Comentando o leilão da Petrobras e as declarações de Dilma sobre o assunto, o pastor expressou sua indignação.
 
"Ex presidente da petrobras desmente Dilma,e agora? Ñ sabia de nada? Querem dar atestado de idiota ao povo brasileiro", postou.
 
Malafaia ainda caracterizou as atitudes de representantes do governo federal como tentativas de manipular o povo e comparou a situação a contextos como o da Venezuela.
 
"Querem implantar no Brasil a mesma coisa da Venezuela, compram o povo, controlam a mídia o legislativo e o judiciário, em nome de Jesus NÃO", protestou.
 
O pastor também alertou que os evangélicos não são alienados e convocou o povo a se posicionar.
 
"Avisa aos incautos do meio evangelico, somos religiosos e ñ deixamos de ser cidadãos. Jesus ñ excluiu a cidadania terrena,dai a César ... Os esquerdistas,humanistas e etc querem nos alijar do processo democrático , ñ vão conseguir ,ñ somos idiotas,vamos expressar nossa opinião", disse.
 
Contextualização
Segundo o ex-presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, a cláusula - chamada de "Put Option" - que obrigou a estatal a a comprar uma refinaria de Pasadena por um alto valor é normal em aquisição de empresas.
 
"A Put Option é uma cláusula comum nas aquisições de empresas porque ela reflete apenas o direito, de quem está vendendo, em determinadas circunstâncias, de vender para o outro", afirmou
 
 Dilma Rousseff disse em uma nota oficial que aprovou a compra baseando-se em um "relatório falho".
 
A operação passará por uma investigação no Tribunal de Contas da União (TCU).
 
Com informações do G1 / www.guiame.com.br
Siga-nos

Mais do Guiame