Ted Cruz, candidato cristão, ultrapassa Donald Trump em nova pesquisa de opinião

O motivo de sua queda pode ser devido às desistências de outros candidatos, fazendo com que o número de alternativas aos eleitores diminuísse.

fonte: Guiame, com informações da AFP

Atualizado: Sexta-feira, 19 Fevereiro de 2016 as 12:12

Divulgação
Divulgação

Ted Cruz ultrapassou seu concorrente Donald Trump nas nova pesquisa realizada em parceria entre o Wall Street Journal e a rede de televisão NBC News. O pré-candidato republicano à Casa Branca passou na frente do empresário que já esteve em vantagem de dois dígitos sobre os demais concorrentes. Trump tem agora 26% das intenções de voto, enquanto Cruz subiu oito pontos porcentuais desde o último levantamento, para 28%. A pesquisa, que entrevistou 400 eleitores registrados, tem margem de erro de 4,9 pontos porcentuais para cima e para baixo, o que significa que os dois estão tecnicamente empatados.

O motivo da queda de Trump pode ser devido às desistências de outros candidatos. Isso fez com que o número de alternativas aos eleitores diminuísse, o que beneficiou os rivais do megaempresário. É o caso do candidato cristão Marco Rubio, o terceiro colocado na corrida republicana, subiu quatro pontos porcentuais e agora tem 17% das intenções de voto.
Esta é a primeira pesquisa do WSJ/NBC que apresenta Trump atrás de qualquer outro candidato. De acordo com recentes levantamentos, o bilionário norte-americano estava com ampla liderança sobre os demais. Na última quarta-feira, 17, uma pesquisa da Reuters e da Ipsos mostrou que Trump liderava com mais de 20 pontos porcentuais.

Um delegado do Partido Republicano que participou da pesquisa, Bill McInturff, afirmou que o momento é de transição. "Quando você vê uma diferença tão grande como essa, isso significa que podemos estar no meio de um período de transição da campanha", disse. "O que não sabemos é se esta é a tendência se consolidará ou é apenas uma pausa antes de os números voltarem a ser como eram antes".

Já para Fred Yang, que também trabalhou na pesquisa, os números sugerem que, com menos competidores, Trump pode mostrar estar perto de seu teto de votos. "Com a diminuição do número de escolhas, os holofotes se concentram mais nos candidatos", disse.

Trump ataca Cruz

Donald Trump ameaçou processar Ted Cruz, a menos que o senador do Texas pare de falar "coisas erradas sobre ele" e peça desculpas. "Se ele não retirar seus falsos anúncios e retrair suas mentiras, vou mover imediatamente uma ação judicial questionando sua elegibilidade para servir como presidente", disse. Mas, esse não foi o único ataque. Em outra oportunidade, Trump afirmou que um tribunal federal deve decidir se encontra em Cruz a exigência constitucional de ser um "cidadão nato" para servir como presidente. Cruz nasceu no Canadá, mas sua mãe era americana.

O senador do Texas tem constantemente questionado as opções políticas de Trump, afirmando que o bilionário é na verdade progressista em muitas questões, como o controle de armas, a legalização do aborto e o Obamacare.

veja também