Um ano após a morte do marido, escritora declara: "Foquei nas bênçãos de Deus, não na dor"

A escritora e evangelista Anne Graham Lotz afirmou que Deus usa tempos de grande perda e dor para fins maiores e revela posteriormente, bênçãos que havia preparado para os Seus.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Sexta-feira, 15 Julho de 2016 as 3:40

Anne Graham Lotz (esquerda) e o marido, Danny Lotz. (Foto: Facebook)
Anne Graham Lotz (esquerda) e o marido, Danny Lotz. (Foto: Facebook)

Anne Graham Lotz, filha do famoso evangelista Billy Graham, perdeu o marido há quase um ano. Hoje ela lembra os momentos difíceis que enfrentou desde aquele dia triste e afirma que tem buscado focar mais no cuidado de Deus em sua vida.
 
Danny Lotz faleceu aos 78 anos no dia 20 de agosto de 2015. Ele foi encontrado inconsciente na piscina da família e foi levado às pressas para o hospital, onde acabou falecendo dois dias depois.
 
"Um ano atrás, em agosto deste ano, o meu marido - casado comigo há 49 anos - mudou-se para a casa de nosso pai. Ele partiu de repente... sem se despedir. O choque foi horrível. Mas mesmo durante os dias que se seguiram, eu sabia que Deus não tinha sido pego de surpresa", escreveu a professora e autora de diversos livros, em uma publicação de seu blog.
 
Danny Lotz era um cristão comprometido e Anne, que continua envolvida no ministério de evangelismo, ressaltou que se alegrava em saber ele descansa em Deus, mesmo que o sofrimento por sua perda seja grande.
 
"A morte de Danny não foi um acidente - pelo menos não do ponto de vista do Céu", disse Lotz, de acordo com o Christian Post. "Então eu comecei a olhar para as bênçãos de Deus. Elas eram fáceis de encontrar, porque Ele as derramou em abundância e ainda o está fazendo hoje. Mas eu tive que optar por abrir os olhos e concentrar-me nas bênçãos em vez de na dor e sofrimento".
 
Lotz também assegurou a seus leitores que Deus usa tempos de grande perda e dor para fins maiores.

"A próxima vez que você experimentar algo 'desagradável, injusto, indelicado ou imerecido' considere isso motivo de grande alegria", porque você sabe que há bênçãos reservadas para você (Tiago 1: 2-3)", destacou.

veja também