Uma Semana Santa ou uma Vida Santa?

A cruz emancipa o homem à eternidade para viver em existência santa.

fonte: Guiame, Bruno Brandão

Atualizado: Terça-feira, 31 Março de 2015 as 11:49

O que torna uma semana "santa"? As arquetipias religiosas? Os véus piedosos das tradições humanas? O julgo opressivo de um clero manipulador e gestor dos oráculos divinos que diz o que é e o que não é santo na "Semana"? A generosidade culposa dos que, enquanto dão de um lado, tiram do outro ou enquanto jejuam de um lado, em gula promíscua se empansinam de leviandades do outro?

Óbvio que não! Aliás, o Cristo da cruz nunca esperou dos seus uma "Semana Santa" - quanto mais com esse pano de fundo - mas sim uma vida santa. E isso porque a cruz emancipa o homem à eternidade para viver em existência santa.

Pense nisso e faça a viagem nesta semana da Páscoa de modo mais profundo e consistente em seu coração, não se nivelando (por baixo) ao paganismo moralista, mercantilista/consumista e religioso que quase nada tem a ver com o Cristo da Paixão, com o Jesus da Cruz, com o Cordeiro do Calvário que do Gólgota tirou o pecado do mundo por meio do Seu sangue.

Isto é Santo... Isto sim, é Páscoa e a ser vivida no Espírito e na verdade da alma!

 

 

 

 

veja também