Você é um 'cristão mais ou menos'? Então veja que perigo você corre

Ser morno é pior do que ser frio. O que Deus fala sobre aqueles que permanecem na superficialidade espiritual?

fonte: Guiame, João Neto

Atualizado: Terça-feira, 10 Março de 2015 as 2:32

"Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca". (Apocalipse 3:15-16)

Consegue imaginar esta cena: Deus sentindo-se tão enojado de algo (ou alguém, neste caso), que acaba vomitando? Pois é assim que Ele descreve seu sentimento ao falar sobre a igreja de Laodiceia, usando as cartas de João, em Apocalipse.

O Senhor critica a comunidade e seus membros por viverem um cristianismo morno, ou como podemos chamar nos dias de hoje, "mais ou menos".

Na passagem, Deus fala à igreja que reconhece que provavelmente ela tenha se empenhado em alguma coisa, mas sua superficialidade, a perda do foco, a mantém sem qualquer motivação genuína.

Veja que o Senhor ainda considera que ser morno chega a ser pior do que ser frio. Ou seja, fazer sem a motivação certa e se manter em uma superficialidade, é pior que não fazer nada.

Falando sinceramente, é comum pensarmos que hoje não há mais tempo de se aprofundar em uma vida de intimidade com Deus. Não há mais tempo para gastar na construção de um relacionamento duradouro com ninguém e o "mais ou menos" é o que está servindo no momento.

Mas Deus nos conhece bem e quer que gastemos, ou melhor, que invistamos tempo na construção de um relacionamento sólido e sincero com ele.

Aprofundar-se no conhecimento da vontade de Deus é a uma das melhores armas contra o pecado - entre eles, um dos que deixa o Pai enojado: viver um cristianismo "mais ou menos".

"Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti". (Salmos 119:11)

Clique no vídeo abaixo e confira o comentário do filósofo, escritor, educador e palestrante Mario Sérgio Cortella sobre alguém que leva a vida na superficialidade:

 

 

 

veja também