Adolescente é proibido de orar na formatura da escola

O estudante da oitava série teve seu discurso religioso censurado e foi impedido de orar durante a cerimônia.

fonte: Guiame, com informações de Christian News

Atualizado: Segunda-feira, 22 Maio de 2017 as 1:10

Estudantes da oitava série em cerimônia de formatura da Waterford Middle School. (Foto: John Patten/Flickr)
Estudantes da oitava série em cerimônia de formatura da Waterford Middle School. (Foto: John Patten/Flickr)

Um aluno foi impedido de realizar um discurso de fé e fazer uma oração durante a formatura de sua escola, no estado norte-americano de Ilinóis.

Seth Clark, estudante da oitava série, apresentou seu discurso para aprovação prévia no colégio Akin Grade School, mas teve sua mensagem censurada. O aluno incluiu em seu texto uma mensagem sobre o perdão de Deus e um trecho da Bíblia Sagrada.

“Eu gostaria de pedir desculpas a todos vocês se eu machuquei alguém de alguma maneira”, pretendia dizer Clark. “Eu não sou perfeito, mas como é dito em 1 Pedro 1:16: ‘Sejam santos, porque eu sou santo’”.

A diretora da escola, Kelly Clark, alegou em um comunicado que as crenças religiosas de estudantes são respeitadas, mas não podem fazer parte de uma cerimônia de ensino.

Quando soube do acontecimento, Rickey Karroll, um amigo da família, ofereceu sua casa para o estudante e outros dois meninos realizarem seu discurso.

“Eu acho que ele tem o direito de dizer sua mensagem e fazer uma oração. Nós ainda vivemos nos Estados Unidos e temos o direito à liberdade de expressão”, disse Karroll.

Cerca de 50 pessoas foram até a casa de Karroll para ouvir ouvir a mensagem e a oração do estudante. Seus pais, que são membros do conselho escolar, não comentaram o caso, mas disseram que estão orgulhosos de seu filho.

veja também