Andressa Urach acompanha batismo de mulheres em presídio

Durante palestra no local, além de relembrar sua história de superação como ex-prostituta de luxo, Andressa também acompanhou o batismo de presas que se converteram.

fonte: Guiame, com informações de Ego

Atualizado: Terça-feira, 17 Novembro de 2015 as 4:22

Andressa Urach acompanhou o batismo de presas de Aracaju (Foto: Arquivo pessoal)
Andressa Urach acompanhou o batismo de presas de Aracaju (Foto: Arquivo pessoal)

Neste domingo (35), Andressa Urach fez seu último trabalho de lançamento do livro "Morri para viver" em um presídio feminino de Aracaju.

Durante palestra no local, além de relembrar sua história de superação como ex-prostituta de luxo, Andressa também acompanhou o batismo de presas que se converteram.

"Essas mulheres são discriminadas e abandonas pela própria família. Mas não são todos os presídios que se pode levar a piscina. Muitos têm regras rígidas. Mas tenho a certeza que só com a palestra a semente de recomeçar está sendo plantará", disse Urach.

Urach explica que sua intenção é apenas acompanhar o trabalho dos pastores. "Eu não batizo, só faço palestra. Não pretendo ser pastora. Ser pastor é um chamado. Só quero ser obreira e ajudar com meu exemplo de vida", esclarece.

Feliz com o novo trabalho que vem realizando junto aos presídios, Andressa está esperançosa. "Minha história começou a ser escrita esse ano. Muitas pessoas duvidam ainda da minha mudança mas o tempo vai mostrar. Muitas almas estão em jogo e eu não vou cair. Eu sei de onde sai e não quero voltar pra lá."

veja também