Anúncio do filme ‘Deus Não Está Morto 2’ é proibido por ser considerado “muito provocativo”

O banner pretendia incluir a mensagem: "Eu prefiro ficar do lado de Deus e ser julgada pelo mundo, do que ficar do lado do mundo e ser julgada por Deus”.

fonte: Guiame, com informações de Christian Examiner

Atualizado: Quinta-feira, 14 Julho de 2016 as 12:29

O banner pretendia incluir a mensagem: "Eu prefiro ficar do lado de Deus e ser julgada pelo mundo, do que ficar do lado do mundo e ser julgada por Deus”. (Foto: Divulgação)
O banner pretendia incluir a mensagem: "Eu prefiro ficar do lado de Deus e ser julgada pelo mundo, do que ficar do lado do mundo e ser julgada por Deus”. (Foto: Divulgação)

O banner que faria uma divulgação do lançamento do DVD do filme “Deus Não Está Morto 2” foi rejeitado na região central de Cleveland, no estado norte-americano de Ohio. O impedimento veio pela empresa que faz a publicidade na região, que considerou a mensagem “muito provocativa”.

O banner pretendia incluir uma foto da atriz Melissa Joan Hart, protagonista do filme, junto com a mensagem: "Eu prefiro ficar do lado de Deus e ser julgada pelo mundo, do que ficar do lado do mundo e ser julgada por Deus”, dita pela personagem Grace Wesley no longa.

A negociação da divulgação do DVD estava sendo feita entre a Pure Flix, empresa que produziu o filme, e a Orange Barrel Media, responsável pela publicidade na cidade. Ao final da conversa, que durou algumas semanas, o banner de 18x9 cm foi rejeitado.

Representantes da Orange Barrel Media consideraram a mensagem "julgada por Deus" muito “política e provocativa”, de acordo com o site The Hollywood Reporter. A empresa ainda afirmou que o título do filme é problemático. A publicidade custaria cerca de US$ 64 mil.

"Estou perplexo. Eles nos enrolaram por semanas. Agora eles dizem que não foi aprovado sem nos dar nenhuma razão lógica", disse Steve Fedyski, CEO da Flix Pure. "Minha especulação é que alguém, em algum lugar, não queira nossa mensagem. É difícil de entender, considerando que usei o mesmo marketing em outras redes nacionais e na CNN"

Por outro lado, a organização ateísta “Freedom From Religion Foundation” (“Fundação Livre de Religião”) teve aprovação para exibir um outdoor com a imagem de Ronald Reagan, ex-presidente dos Estados Unidos, e a frase: "Nós não estabelecemos nenhuma religião neste país. A Igreja e o Estado são, e devem permanecer, separados." A aprovação foi dada pela empresa de outdoor Clear Channel.

veja também