Após ser esfaqueada 13 vezes na cabeça, idosa crê na conversão do criminoso: “Parte do milagre”

Depois de ser perfurada na cabeça por repetidas vezes, Angela Burks, de 68 anos, acreditou que fosse morrer — mas sua sobrevivência é atribuída a um milagre.

fonte: Guiame, com informações de BBC

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2016 as 10:46

Após levar facadas na cabeça durante um assalto, Angela Burks causou impacto ao declarar que está preparada para perdoar o criminoso. (Foto: Reprodução/BBC)
Após levar facadas na cabeça durante um assalto, Angela Burks causou impacto ao declarar que está preparada para perdoar o criminoso. (Foto: Reprodução/BBC)

Uma idosa britânica, que levou 13 facadas na cabeça durante um assalto, causou impacto ao declarar que está preparada para perdoar o criminoso, caso ele se volte para Deus.

Angela Burks, de 68 anos, foi atacada por Lee Greenall durante um assalto em Derbyshire, na Inglaterra. Depois de ser perfurada na cabeça por repetidas vezes, ela acreditou que fosse morrer — mas sua sobrevivência é atribuída a um milagre.

Lee, de 39 anos, foi preso por tentativa de assassinato, mas se declarou culpado por ferir a vítima intencionalmente. Ele foi condenado a 10 anos de prisão com uma sentença estendida de 4 anos por ter cometido outros crimes, como roubo e porte de arma.

"Pessoalmente, eu gostaria que ele se voltasse a Deus, claro. Eu gostaria que ele viesse ao arrependimento completo", disse Angela. "No entanto, tem que ser um verdadeiro arrependimento. Não vai ser como um pedido de desculpas — 'sinto muito' — porque ninguém pode apenas dizer que está arrependido”.

"Ele teria que transformar a sua vida e se voltar para Deus, e ele teria que provar para mim que ele fez isso", disse Angela. A idosa indica que gostaria que o criminoso começasse a participar de cultos e reuniões da igreja regularmente. "Se ele fizer isso, aí sim vou perdoá-lo", disse ela.

Angela foi atacada por Lee ao se recusar a entregar sua bolsa. Quando ela finalmente entregou seus pertences, o criminoso continuou a atacá-la. A idosa sentiu que estava sendo perfurada, mas não sentiu a lâmina da faca.

"Eu tive que aceitar tudo o que teria que enfrentar, e eu tenho certeza isso foi parte do milagre", disse ela. "Eu não estava ciente de que ele estava me esfaqueando. Ser esfaqueada 13 vezes e não sentir, é simplesmente incrível que eu esteja viva."

veja também