Arqueólogos israelenses descobrem possível túmulo dos Macabeus

Os textos antigos, como o Livro dos Macabeus e as Antiguidades dos Judeus descrevem o 'lugar de descanso' deste povo como sendo uma estrutura alta, impressionante e rodeada por colunas, com telhados em forma de pirâmide e grandes a ponto de serem vistos do mar.

fonte: Guiame, com informações da Fox News

Atualizado: Terça-feira, 22 Setembro de 2015 as 2:36

Arqueólogos observam resultados das escavações, em Modi'in, a 19 milhas de Jerusalém (Foto: Live Science)
Arqueólogos observam resultados das escavações, em Modi'in, a 19 milhas de Jerusalém (Foto: Live Science)

Uma recente descoberta de arqueólogos israelenses pode significar um grande achado para os estudiosos da Bíblia. Segundo relatos da Fox News, um grande mausoléu que assemelha-se a descrição dos túmulos dos Macabeus em manuscritos antigos foi descoberto perto da cidade de Modi'in, 19 milhas a noroeste de Jerusalém.
 
Os Macabeus eram uma família judia célebre que liderou uma revolta contra os gregos no século II a.C. O achado confirmou as suspeitas de alguns arqueólogos, que já imaginavam que os túmulos dos Macabeus estariam perto Modi'in.
 
Os textos antigos, como o Livro dos Macabeus e as Antiguidades dos Judeus descrevem o 'lugar de descanso' deste povo como sendo uma estrutura alta, impressionante e rodeada por colunas, com telhados em forma de pirâmide e grandes a ponto de serem vistos do mar.
 
O administrador das pesquisas e escavações do túmulo e Autoridade de Antiguidades de Israel, Amit Re’em disse que a tumba descoberta recentemente, pode ter uma semelhança com a descrita nos textos antigos.
 
Embora não haja evidências concretas que este venha a ser realmente o túmulo dos Macabeus, os estudiosos ainda esperam encontrar estas provas.
 
Alguns estudiosos questionam a afirmação de que este seja o túmulo de uma família judia porque uma escavação do túmulo de Charles Clermont-Ganneau, no final do século XIX revelou mosaicos adornados com uma cruz no chão das câmaras mortuárias, fazendo com que os estudiosos pensassem que a tumba poderia ser um túmulo cristão, em vez de um judeu.
 
Re'em afirmou que sua equipe "remontou a câmara do túmulo e o mosaico com a decoração da cruz".

Apesar do símbolo cristão da cruz, alguns arqueólogos ainda acreditam que este poderia ser o túmulo dos Macabeus, porque este povo foi tido em alta estima pelos primeiros cristãos e eles poderiam ter decorado o túmulo com a cruz em uma data posterior.

veja também