Ateus pedem remoção de placa religiosa no Texas, e prefeito nega: "Nem pelo inferno”

Há 80 anos, os motoristas que dirigem pela principal rodovia da cidade de Hondo, no Texas, são recebidos por uma placa que os adverte a não ultrapassar os limites de velocidade: "Este é um país de Deus. Por favor, não dirija como o inferno".

fonte: Guiame, com informações de The Wall Street Journal

Atualizado: Quinta-feira, 23 Junho de 2016 as 5:23

"Este é um país de Deus. Por favor, não dirija como o inferno", diz a placa que adverte sobre os limites de velocidade. (Foto: Cidade de Hondo)
"Este é um país de Deus. Por favor, não dirija como o inferno", diz a placa que adverte sobre os limites de velocidade. (Foto: Cidade de Hondo)

Há 80 anos, os motoristas que dirigem pela principal rodovia da cidade de Hondo, no Texas, são recebidos por uma placa que os adverte a não ultrapassar os limites de velocidade: "Este é um país de Deus. Por favor, não dirija como o inferno".

No entanto, o “jogo de palavras” religioso, que também é destacado no site oficial da cidade, tem despertado o incômodo dos ateus.

De acordo com Annie Laurie Gaylor, co-fundadora da organização ateísta “Freedom from Religion Foundation” (“Fundação Livre de Religião”, em tradução livre), a placa envia “a mensagem de que os não-religiosos não são bem-vindos na cidade", informa o site The Wall Street Journal.

Após enviar uma carta ao prefeito da cidade, a organização está exigindo que Hondo "encontre uma forma alternativa de promover a condução segura, para que não endosse uma mensagem religiosa".

Por outro lado, o prefeito de Hondo, James Danner, anunciou que não existem chances de a placa ser removida. "Nem pelo inferno iríamos tirar essas placas", disse ele ao site San Antonio Express-News.

Os ateus alegam que as placas violam a Cláusula de Estabelecimento da Constituição, que proíbe o governo de favorecer uma denominação religiosa em detrimento de outra. Por outro lado, o Texas se mantém sendo um dos estados que mais expressa sua fé na América.

Em março, policiais da cidade de Diboll se uniram para pedir que um versículo bíblico fosse incluído no emblema de seus uniformes. De acordo com o Departamento de Polícia, o texto poderia refletir melhor seus valores.

Os carros e edifícios dos agentes de segurança já possuem a inscrição “In God We Trust” (“Em Deus Confiamos”, lema dos Estados Unidos). Além disso, os emblemas policiais teriam uma mensagem de fé adicionada.

O versículo bíblico escolhido pelos policiais é Mateus 5:9, que diz: "Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus".

"Com tudo o que está acontecendo no mundo agora e os ataques contra policiais... Sabe, existem agentes sendo alvejados e mortos", disse o chefe Steve Baker ao MyEastTex. "Eu queria uma espécie de referência para o que fazemos."

veja também