Bíblia é um dos livros mais roubados nas lojas da África do Sul

De acordo com o jornal Sunday Times, a Bíblia é "roubada com mais frequência do que qualquer outro livro" na região.

fonte: Guiame, com informações de The Week

Atualizado: Terça-feira, 19 Maio de 2015 as 9

 

As livrarias da África do Sul tem sido cada vez mais alvo de ladrões, e a Bíblia Sagrada está no topo da lista dos itens mais roubados. De acordo com o jornal Sunday Times, a Bíblia é "roubada com mais frequência do que qualquer outro livro" na região.

"Eu lembro de comprar dez exemplares da Bíblia King James. Eles foram todos roubados três dias depois que eu os coloquei na prateleira", disse Michael Gumbi, gerente de uma livraria em Joanesburgo.

O Pastor Stephen Zondo explica que o aumento no roubo de Bíblias pode ser resultado da falta de distribuição gratuita do livro sagrado pelas igrejas. "Eu sou contra qualquer tipo de roubo, mas isso significa que há uma necessidade, então líderes espirituais precisam atender a essa necessidade." 

Alguns ladrões agem por conta própria, enquanto outros trabalharam em sindicatos. "Eles operam principalmente em dias atarefados, quando toda a equipe está ajudando os clientes", explica o gerente Gumbi. 

A gerente da Associação de Documentação e Informação da África do Sul, Annamarie Goosen, classifica o roubo de livros como um grande problema do país. O funcionário de uma grande livraria africana revelou que os criminosos tinham uma propensão para os livros de auto-ajuda, políticos e corporativos.

veja também