Candidato republicano à presidência dos EUA diz que Obama "finge ser cristão"

Mike Huckabee disse que era "deselegante" que Obama convidasse o Papa Francisco para a Casa Branca, junto com indivíduos que estão em oposição direta às práticas da Igreja Católica.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Sexta-feira, 25 Setembro de 2015 as 4:42

Candidato à presidência pelo Partido Republicano dos Estados Unidos, Mike Huckabee (à esquerda) e o atual presidente dos EUA, Barack Obama (à direita).

 

O candidato à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, Mike Huckabee recentemente expressou o seu desapontamento com relação à forma como Obama recebeu o Papa Francisco e afirmou que ele duvida da sinceridade das afirmações feitas pelo atual presidente americano, de que ele é um cristão.
 
O ex-governador do estado de Arkansas disse que ele acredita que Obama "finge ser um cristão", de acordo com informações do 'Christian Post'.
 
Huckabee foi questionado em uma entrevista recente sobre a declaração polêmica dada por Ben Carson de que ele não apoiaria um muçulmano como presidente. Em vez de responder a essa pergunta, Huckabee aproveitou a oportunidade para falar sobre a recepção de Obama ao Papa Francisco, que está atualmente em uma turnê pelos Estados Unidos, fazendo paradas em Washington DC, Nova York e Filadélfia.
 
Huckabee disse que era "deselegante" que Obama convidasse o Papa Francisco para a Casa Branca, junto com indivíduos que estão em oposição direta às práticas da Igreja Católica. Huckabee disse acreditar que as ações mostram o desrespeito de Obama para à fé cristã.
 
"O Pontífice é bem-vindo à América, mas ofereço a ele minhas desculpas porque Obama não irá oferecer-lhe a recepção calorosa e respeitosa que ele merece", postou Huckabee em seu perfil oficial do Twitter.
 
Huckabee tem sido um ferrenho defensor da liberdade religiosa. Ele apoiou a tabeliã cristã do cartório de Kentucky, Kim Davis, que se recusou a emitir licenças para casamentos entre pessoas do mesmo sexo, por causa de convicções religiosas.

Huckabee afirmou que ele não acredita que o presidente Obama proteja a liberdade religiosa como deveria.
 
"Eu também estou preocupado com um cara que acredita que ele é um cristão e finge ser, mas, em seguida, pratica coisas que fazem com que seja muito difícil para as pessoas praticarem a sua fé cristã", disse ele.

veja também