Cláudia Rodrigues diz que pensou em se matar e reflete: “Só Deus tem direito de tirar a vida”

Afastada há dois anos da TV para tratar a esclerose múltipla, a atriz Claudia Rodrigues, de 44 anos, falou sobre detalhes do transplante de células-tronco ao qual se submeteu para tratar a doença que sofre há 15 anos.

fonte: Guiame, com informações de O Dia

Atualizado: Segunda-feira, 1 Fevereiro de 2016 as 4:20

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Afastada há dois anos da TV para tratar a esclerose múltipla, a atriz Claudia Rodrigues, de 44 anos, falou sobre detalhes do transplante de células-tronco ao qual se submeteu para tratar a doença que sofre há 15 anos.

Em entrevista ao apresentador do programa Domingo Show, Geraldo Luís, a atriz confessa que cogitou se matar. "Pensei em tirar a minha vida. Mas repensei: 'eu estou errada. Ninguém tem direito de tirar a vida, só Deus. Se está pensando nisso, pode esquecer'", disse ela.

Durante seu relato, que foi ao ar pela TV Record neste domingo (31), Cláudia disse que para passar pelo transplante, teve que se submeter a um processo de preparação de quatro meses, em que ficou sem ver os amigos e a própria família.

Debilitada e sem cabelos devido ao tratamento, Cláudia ainda deve evitar contatos físicos. "Queria te dar um abraço, mas estou tipo um cão com raiva. Não posso beijar, abraçar, nem encostar”, disse ela a Geraldo, ainda no hospital.

“Estou muito feliz, de alta indo para casa. Nunca passou pela minha cabeça que eu não voltaria. Fiz um trato com Deus: faça o que quiser, mas não me deixe longe da minha casa nem da minha família", relata a atriz.

Esperançosa, Cláudia diz que se sente recuperada. "O médico falou que estou perfeita, é como se eu renascesse. Eu me sinto curada", vibra, tirando a máscara. "Não dá para ficar se lamentando se tenho Deus acima de tudo e tem gente muito pior. Eu disse a Ele: se quer o meu óbito, faça logo, mas faça sem dor".

Junto da família, a atriz revela que tem poucos amigos depois que saiu da TV, mas que quer prosseguir com o que mais sabe fazer. "Quero saúde, muita saúde e trabalho. Vou fazer todo mundo rir mais do que antes. Sei que o mundo está precisando muito rir".

Assista a entrevista completa:

veja também