Com exibição da tão esperada cena do Mar Vermelho, Record atinge 31 pontos de audiência

Os comentários nas mídias sociais também foram intensos, com internautas postando fotos de suas telas e usando hashtags relacionadas à novela.

fonte: Guiame, com informações da UOL

Atualizado: Quarta-feira, 11 Novembro de 2015 as 11:13

Na noite da última terça-feira (10), milhões de brasileiros se assentaram em frente a suas televisões para conferir a tão esperada cena da novela "Os Dez Mandamentos": a abertura do Mar Vermelho.

A prova de que a espectativa era realmente grande com relação ao capítulo, é que no horário da novela, a rede Record bateu a Globo com uma larga margem, marcando uma média de 27,8 pontos contra 19,4 da concorrente - uma diferença de 8,4 pontos (equivale a 67 mil residências, só em São Paulo).

Em seu melhor momento, a programação alcançou 31 pontos de audiência, o que já confere um resultado histórico à emissora.

Já no Rio de Janeiro, "Os Dez Mandamentos" manteve uma média de 30,3 contra 19,4 da Globo. Em seu melhor momento, a novela da Record alcançou 34 pontos na cidade.

Os comentários nas mídias sociais também foram intensos, com internautas postando fotos de suas telas e usando hashtags relacionadas à novela.

A razão de tanta movimentação segue uma repercussão considerável que a novela vem alcançando entre os telespectadores e internautas, mas também pelo fato de exibir uma cena registrada na Bíblia e que já fascinava diretores de cinema há décadas. A abertura do Mar Vermelho ainda é questionada por muitos cientistas e historiadores, mas também já foi comprovada por tantos outros estudiosos da ciência, como anteiormente noticiado aqui no Guiame.

Os efeitos especiais chamaram a atenção e a cena acabou se estendeu ao longo de quatro blocos da novela.

O capítulo também acabou marcando a morte do sacerdote Paser (Giuseppe Oristânio) nos braços da própria filha, a rainha Nefertari (Camila Rodrigues).

Quer saber mais sobre os bastidores e produção desta cena que prendeu a atenção de milhões de brasileiros? Então clique no vídeo abaixo:

veja também