Cristãos voluntários se unem para ação de reflorestamento, em João Pessoa (PB)

Com a missão de devolver vida à localidade, mais de 400 pessoas colaboraram com a iniciativa, entre elas, crianças, jovens e adultos.

fonte: Guiame, com informações do site Notícias Adventistas

Atualizado: Quinta-feira, 4 Agosto de 2016 as 1:34

No último domingo (31), o Parque Jacarapé, área de reserva ambiental de João Pessoa, na Paraíba, recebeu 500 mudas de árvores por meio de um replantio. A ação contou com centenas de voluntários da Igreja Adventista, ADRA Brasil e do Comitê de Ação e Cidadania.

João Pessoa é uma cidade muito arborizada, mas ela vem sofrendo com o desmatamento, principalmente nos parques que circundam o município. Foi com essa preocupação que os voluntários da igreja da região e outros parceiros, se uniram num dia de reflorestamento de árvores nativas da mata atlântica.

Com a missão de devolver vida à localidade, mais de 400 pessoas colaboraram com a iniciativa, entre elas, crianças, jovens e adultos, dos clubes de Desbravadores, Aventureiros, Pequenos Grupos My Style e ADRA Brasil (regional Rio Grande do Norte).

Erinaldo Costa é representante da ADRA Brasil na região Nordeste. Ele comentou que a ação foi um resultado de mais um trabalho de equipe, onde os propósitos são os mesmos: salvar e conscientizar. “A ADRA atua em várias frentes, e o estatuto da organização é claro quando diz que o nosso trabalho contempla ações de preservação ambiental e quando aliamos a isso, educar crianças e jovens quanto à importância de salvar, sejam pessoas, seja a natureza, estamos no caminho certo”, ressaltou.

O programador David Figueiredo também comentou sobre a ação. "Vir aqui e ter a oportunidade de plantar com as minhas filhas, é algo que realmente não tem preço. Cuidando da natureza e repassando para a próxima geração da família a importância desse ato", disse em entrevista para o jornal Bom Dia PB.

A Secretaria do Meio Ambiente do município demarcou o espaço que o projeto, que recebeu o nome de “Dia Verde”, deveria reflorestar. O local fica próximo a uma rodovia estadual. Lá eles plantaram cajueiros, ipês (amarelo e roxo), palmeiras, pau formiga, barriguda, dentre outras árvores e plantas nativas da localidade, que vão ajudar na recuperação da área degradada do parque.

Confira a matéria do jornal Bom Dia PB:

veja também