Dilma Rousseff isenta estrangeiros de visto para entrada no Brasil, durante Olimpíadas

Especialistas em segurança afirmaram que o Brasil não está preparado para impedir ataques terroristas, caso grupos como o Estado Islâmico planejassem alguma ação durante os jogos olímpicos.

fonte: Guiame, com informações da Reuters Brasil

Atualizado: Quinta-feira, 26 Novembro de 2015 as 5:23

Apesar da onda de ataques terroristas que estão chocando o mundo e fazendo com que os países estudem formas cada vez mais eficientes de controlar suas fronteiras, a presidente da República do Brasil, Dilma Rousseff decidiu sancionar a lei que isenta os estrangeiros da necessidade de obterem visto para sua entrada no país, durante o período das Olimpíadasde 2016. As informações foram confirmadas pelo Diário da União na última quarta-feira (25).

Diferente que se imaginava antes, a liberação da entrada de estrangeiros não está condicionada especificamente à aquisição de ingressos para os eventos esportivos das Olimpíadas, segundo o texto, porém a permanência em território brasileiro terá duração máxima permitida de 90 dias.

Segundo o governo federal, o objetivo desta decisão é atrair ainda mais visitantes, aquecendo assim a economia do país, mas conforme especialistas outras preocupações relacionadas à segurança do evento podem aumentar - em especial após os ataques realizados por militantes do Estado Islâmico, em Paris, no dia 13 de novembro.

Especialistas em segurança afirmaram que o Brasil não está preparado para impedir ataques terroristas, caso grupos como o Estado Islâmico planejassem alguma ação durante os jogos olímpicos. O Brasil poderia depender da ajuda de outros países para garantir a proteção do evento.

Porém o secretario extraordinário de segurança para grandes eventos do Ministério da Justiça, Andrei Rodrigues, não expressou grande preocupação na última quarta-feira (25), com a possível relação entre a isenção de vistos para estrangeiros e eventuais riscos à segurança dos Jogos.

“O visto não é quesito imprescindível para garantir segurança do evento. A França não precisa devisto para cá, Canadá também. O impacto para segurança pública é zero”, disse.

Durante Copa do Mundo (2014), somente estrangeiros que já estavam com ingressos para jogos do Mundial estavam isentos de solicitar visto de entrada para o Brasil.

A isenção de vistos para entrada no Brasil durante os Jogos Olímpicos será aplicada para os estrangeiros que chegarem ao Brasil até o dia 18 de setembro de 2016.

 

veja também