Estado Islâmico ameaça derrubar Torre Eiffel em novo vídeo

Intitulada de “Paris entrou em colapso”, a gravação publicada na internet mostra a base da Torre sendo destruída e a construção desmoronando.

fonte: Guiame, com informações de O Globo

Atualizado: Segunda-feira, 23 Novembro de 2015 as 4:54

O trecho da queda usado pelo EI foi retirado filme "G.I. Joe: A origem de Cobra", de 2009. (Foto: Reprodução)
O trecho da queda usado pelo EI foi retirado filme "G.I. Joe: A origem de Cobra", de 2009. (Foto: Reprodução)

Em novo vídeo divulgado nesta segunda-feira (23), o Estado Islâmico ameaça derrubar a Torre Eiffel, principal ponto turístico de Paris, pouco mais de uma semana após os atentados terroristas que deixaram 130 mortos.

Intitulada de “Paris entrou em colapso”, a gravação publicada na internet mostra a base da Torre sendo destruída e a construção desmoronando. Segundo o site britânico Daily Mail, o trecho da queda usado pelo EI foi retirado filme "G.I. Joe: A origem de Cobra", de 2009.

O vídeo, que ainda não teve autenticidade confirmada, começou a ser veiculado no mesmo dia em que a França lançou suas primeiras missões no Iraque e na Síria a partir de porta-aviões. 

Segundo o jornal argentino La Nación, a gravação foi feita a partir do quartel do grupo extremista em Aleppo, ao Norte da Síria. Uma voz em off, que se dirige aos cidadãos europeus, afirma que o EI não anunciou guerra contra o Ocidente, mas sim que as nações ocidentais iniciaram a transgressão contra o grupo extemista. 

“Vocês pagarão o preço quando seus filhos forem enviados à guerra contra nós. Eles retornarão aleijados, amputados em seus caixões ou doentes mentais”, ameaça o narrador em árabe. “Vocês não se sentirão seguros nem dentro dos próprios quartos”.

O grupo afirma que pretende avançar sobre Paris antes de Roma. Um homem armado mascarado elogia os atentados na França e convoca os “irmãos da França e do mundo a fazer o mesmo”.

Ele ainda chama o presidente francês François Hollande de “porco” e pergunta se ele consegue dormir normalmente em casa após destruir famílias que seguem o Islã com bombardeios nos países muçulmanos.

"Quando vocês vêm a um país muçulmano, são vocês que violam. Vocês que roubam. Vocês que matam", diz o jihadista. "Convoco os irmãos franceses e do mundo todo a se preparar e combater como eles nos combatem".

Um segundo militante do EI confirma as ameaças contra a Paris e Hollande pela ação da França de intensificar ataques na Síria. Ele diz que Hollande foi prevenido, mas ele ainda assim continuou a agir.

Veja aqui o vídeo completo.

veja também