Franklin Graham diz que a política de Obama é influenciada pelo islamismo

"Há muçulmanos que têm acesso a ele na Casa Branca. Eles odeiam Israel e odeiam os cristãos, e assim a tempestade está chegando”, disse o filho do evangelista Billy Graham.

fonte: Guiame, com informações de The Christian Post

Atualizado: Terça-feira, 3 Março de 2015 as 9:25

Franklin Graham tem criticado o posicionamento do presidente Barack Obama em relação ao Islamismo.
Franklin Graham tem criticado o posicionamento do presidente Barack Obama em relação ao Islamismo.

 

Franklin Graham tem criticado o posicionamento do presidente Barack Obama em relação ao Islamismo e os ataques terroristas, e afirma que os muçulmanos tem influenciado sua política de governo.

"Há muçulmanos que têm acesso a ele na Casa Branca. Vemos o primeiro-ministro de Israel sendo esnobado pelo presidente, pela Casa Branca e pelos democratas, por causa da influência do Islã. Eles odeiam Israel e odeiam os cristãos, e assim a tempestade está chegando, eu acredito", disse o filho de Billy Graham.

Sobre as influencias de Obama, Graham ressaltou que seu pai é muçulmano e que, quando criança, frequentava uma escola na Indonésia, que tem a maior população islâmica do mundo. "Sua influência quando jovem foi o Islã, não foi o cristianismo", disse.

Graham criticou  a política externa de Obama, que se recusou a chamar grupo terrorista de islâmicos. "A verdade é que seus assassinos bárbaros disseram abertamente que os mataram porque eles eram o povo da cruz. Porque é que o presidente continua protegendo o Islã e se recusando a abrir os olhos para a verdade?"

Obama afirmou várias vezes que é cristão e que, aqueles questionam sua fé, não o conhece. "Em nossas vidas, Michelle e fomos fortalecidos pela nossa fé cristã. Ainda assim, a minha fé tem sido questionada por pessoas que não me conhecem. Eles dizem que eu aderi a uma religião diferente, como se isso fosse, de alguma forma, uma coisa ruim", disse o presidente.

 

 

veja também