Governo da França pode fechar até 160 mesquitas por discurso de ódio islâmico

Até agora, três mesquitas já foram fechadas, nove pessoas foram presas e outras 22 foram proibidas de deixar o país.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Sexta-feira, 4 Dezembro de 2015 as 11:14

Até agora, três mesquitas já foram fechadas. (Foto: Raw Story)
Até agora, três mesquitas já foram fechadas. (Foto: Raw Story)

Após os ataques terroristas em Paris, a França poderá fechar até 160 mesquitas suspeitas de abrigar pregadores do islamismo com visões extremistas, segundo informa um dos principais imames do país.

Até agora, três mesquitas já foram fechadas, nove pessoas foram presas e outras 22 foram proibidas de deixar o país.

"De acordo com os números oficiais e nossas discussões com o Ministério do Interior, entre 100 e 160 mesquitas serão fechadas porque são executadas ilegalmente, sem a devida permissão, elas pregam o ódio ou utilizam a voz takfiri", disse Hassan El Alaoui, capelão-geral muçulmano.

Takfiris são classificados como muçulmanos que acusam outros da mesma fé de apostasia (abandono da crença religiosa), iniciando uma retaliação violenta contra eles.

"Esse tipo de discurso não deve sequer ser permitido em países islâmicos, e muito menos em países seguros como a França", disse El Alaoui.

O ativista muçulmano Felix Marquardt, que vive em Paris em luta por uma reforma islâmica, espera que mais mesquitas sejam fechadas. Ele afirma que tem visitado mesquitas em várias cidades francesas e estava "chocado" com o que ouvia.

"Havia uma visão de mundo bastante preocupante. Eu estou falando sobre a politização do Islã. Já ouvi alguns discursos que tendem a apresentar que a islamofobia é organizada pelo Estado francês, e que, de alguma forma, os não-muçulmanos franceses são contra a minoria muçulmana", disse Marquardt.

Uma série de ataques em Paris deixou 130 pessoas mortas no mês passado, incluindo as 89 vítimas dos tiroteios no teatro Bataclan. O Estado Islâmico reivindicou a autoria pelos assassinatos.

veja também