Jogador brasileiro deixa os gramados para se tornar pastor, em Israel

Gustavo Boccoli foi considerado o melhor jogador de sua temporada em Israel, mas se aposentou dos gramados e hoje atua como pastor.

fonte: Guiame, com informações de Torcedores.com

Atualizado: Segunda-feira, 9 Janeiro de 2017 as 9:27

Gustavo Boccoli foi considerado o melhor jogador de sua temporada em Israel. (Foto: Reprodução/Facebook)
Gustavo Boccoli foi considerado o melhor jogador de sua temporada em Israel. (Foto: Reprodução/Facebook)

Gustavo Boccoli é pouco popular entre a torcida brasileira, mas está entre as 10 pessoas mais conhecidas em Israel. Ele foi considerado o melhor jogador de sua temporada no país, mas hoje trocou os gramados para atuar como pastor na cidade de Haifa, ao norte de Israel.

Assim como acontece com a maioria das crianças brasileiras, Gustavo cresceu sonhando em ser jogador de futebol. Com o apoio dos pais, iniciou em 1986 num clube do bairro de São Miguel Paulista, na Zona Leste de São Paulo.

Desde então passou por times brasileiros, como o Paraná Clube, e também fora do País, como Portugal, Itália, Iugoslávia, Turquia, China e Israel. Foram muitas viagens, mas nada se concretizava em sua vida profissional. “Era desesperador! Só promessas, palavras que não se cumpriam. Em nenhum lugar eu conseguia sucesso ou era contratado”, Gustavo relata no site da Igreja Universal do Reino de Deus.

Em meio às tentativas frustradas, Gustavo voltou ao Brasil e acabou reencontrando Josiane, uma amiga da infância. Ela passou a fortalecê-lo naquele período difícil e os dois se apaixonaram. O casamento aconteceu 6 meses depois.

O ponto de mudança em sua vida começou com um convite da esposa para conhecer uma igreja evangélica. Depois de muita recusa, Gustavo acabou cedendo. “Me acompanhe em uma reunião na Universal. Eu já conheço. Só quero que você veja se vale a pena ou não”. O convite foi decisivo. “Quando saí do Brasil eu era um novo Gustavo, lutando pelo sonho antigo, mas a minha forma de olhar era diferente”, disse ele.

Com mais uma promessa de trabalho, o casal foi para Israel e enfrentou muitas dificuldades — inclusive fome. Inacreditavelmente, as mesmas portas que lá atrás estiveram fechadas, se abriram. Gustavo passou pelo time Hapoel Ramat Gan e depois pelo Maccabi Ahi Nazareth, onde jogou 2 temporadas e foi campeão. O time subiu para a primeira divisão e Gustavo foi considerado o melhor jogador estrangeiro, ganhando do prefeito a chave da cidade de Nazaré.


Gustavo Boccoli com sua esposa, Josiane e o filho. (Foto: Reprodução/Facebook)

Em 2003, foi contratado pelo Maccabi Haifa (uma das principais equipes de Israel) e se tornou campeão nacional logo na primeira temporada. Na segunda, além de campeão, foi eleito o melhor jogador da temporada. Ao todo, foram 4 títulos do Campeonato Israelense e 2 Copas de Israel, além de ter disputado a Liga dos Campeões da Europa, onde marcou um dos gols mais bonitos na história da competição.

Vida de pastor

Depois de se aposentar dos gramados, o jogador passou a se dedicar à vida de pastor na Igreja Universal da cidade de Haifa, em Israel.

Gustavo sempre expressou sua fé cristã através de comemorações e atitudes dentro de campo, mas hoje ele decidiu pregar sobre Jesus Cristo para centenas de pessoas. Junto com sua esposa, ele apresenta o programa na versão israelense “A Escola do Amor” — o mesmo apresentado por Renato e Cristiane Cardoso na Record — com conselhos bíblicos para casais que enfrentam dificuldades.

Além disso, o atleta mantém um projeto de escolinha de futebol onde ensina o esporte às crianças israelenses, reunindo, no mesmo treino, judeus, muçulmanos e cristãos.

veja também