Jovem manuscreve a Bíblia em oito meses e bate recorde

Lauane Destro Viana foi considerada a pessoa mais rápida a manuscrever a Bíblia, de acordo com a classificação do RankBrasil.

fonte: Guiame, com informações de RankBrasil

Atualizado: Terça-feira, 17 Novembro de 2015 as 2:44

Tendo apenas papel e caneta em mãos, uma jovem paulista de 19 anos conseguiu bater um recorde de fé e superação: Lauane Destro Viana foi considerada a pessoa mais rápida a manuscrever a Bíblia, de acordo com a classificação do RankBrasil.
 
Lauane copiou o Livro Sagrado à mão em exatamente oito meses: de 17 de fevereiro a 17 de outubro de 2014. Mas os números que impressionam nessa história não param apenas no tempo.
 
Para ir do Gênesis ao Apocalipse, a recordista de Santo André (SP) utilizou 22 canetas, três corretivos e 2.923 páginas de caderno universitário. Nos primeiros sete meses ficava de oito a dez horas diárias escrevendo, tempo que foi reduzido no último mês quando começou a trabalhar.
 
A jovem conta que o desafio da Bíblia começou sem pretensão, movido apenas pelo desejo de conhecer mais sobre as Escrituras.
 
“Em 2014 Jesus me desafiou: Por que não transcrever este ano ao invés de apenas ler? Eu aceitei, é claro!”, conta. Conforme ela, a atenção dobra quando se copia algo. “Aprende-se muito mais cada contexto, cada detalhe”.

Evangélica, Lauane conta que o recorde foi apenas uma parte daquilo que ela recebeu como retorno. “Esse livro me faz entender o sentido da minha existência e incendeia meu coração com uma paixão por Cristo que eu nunca imaginei ter”, destaca.
 

Para a jovem, a maior lição que aprendeu nesse período foi dar ao Livro Sagrado o seu devido valor. “Em muitos países, a Bíblia é proibida e o fato de apenas possuir uma ou uma única página pode ser o fim da vida de alguém. Eu pude ler e copiá-la sem receber ameaças de ninguém. Isso me impactou e me ensinou a não deixar esquecido na gaveta uma obra tão valiosa”.

“É algo indescritível, mas se não fosse por Ele (Jesus), independente de recorde, eu não teria conseguido ir até o fim e nem aprendido tanto”, finaliza a recordista.

veja também