Judeu e muçulmano andam juntos pelas ruas para testar reação das pessoas; assista

Vestidos como um judeu ortodoxo e um islâmico, os dois caminharam juntos por três bairros para medir as reações: um bairro judaico, uma área muçulmana e outro bairro "diversificado".

fonte: Guiame, com informações de Israel National News

Atualizado: Quarta-feira, 4 Maio de 2016 as 10:57

Para confrontar a divisão que existe entre os dois povos, uma dupla divulgou gravou um experimento social nos EUA. (Foto: Reprodução/Youtube)
Para confrontar a divisão que existe entre os dois povos, uma dupla divulgou gravou um experimento social nos EUA. (Foto: Reprodução/Youtube)

Ao longo da história, a relação entre judeus e muçulmanos tem sido repleta de conflitos políticos e religiosos.

De acordo com o teólogo Carlos Vailatti, um dos grandes embates acontece nas divergentes crenças relacionadas ao Antigo Testamento. “De um lado temos o Alcorão, do outro, o Tanakh (a Bíblia Hebraica). De um lado temos Ismael, do outro, Isaque. E bem no meio disso tudo sabe o que há? A briga pela posse da terra”, disse ele ao Guiame.

Vailatti explica que para o mundo árabe, Ismael, o filho primogênito de Abraão, deu origem aos povos árabes. Além disso, a maioria dos muçulmanos acredita que Ismael é quem quase foi oferecido em holocausto no monte Moriá, e não Isaque. Já para o mundo judaico-cristão, Isaque é aquele que deu origem aos israelenses.

As divergências não param por aí. "Para um árabe, Abraão, em suas peregrinações, passou pela Palestina, pela Arábia Saudita e por Meca. Logo, a região onde se situa o atual conflito no Oriente Médio lhes pertence. Por outro lado, os israelenses também entendem que têm o direito de propriedade sobre essa terra, pois ela lhes foi dada por Yahweh (Deus)".

Para confrontar a divisão que existe entre os dois povos, uma dupla divulgou gravou um experimento social para entender a percepção das pessoas ao ver um árabe e um judeu andando juntos, pelas ruas de Nova York.

Vestidos como um judeu ortodoxo e um islâmico, os dois caminharam juntos por três bairros para medir as reações: um bairro judaico, uma área muçulmana e outro bairro "diversificado".

Confira os resultados (legendas em inglês):

veja também