"As mãos de Deus estão sobre nós", diz empresário cristão que sobreviveu a ataque terrorista

Armado com um facão, o assaltante feriu quatro funcionários do estabelecimento comercial, antes que fosse atingido e morto pela polícia, com um tiro. Esta semana, no entanto, o restaurante de Hany Baransi acabou tornando-se um lugar de esperança.

fonte: Guiame, com informações do The Blaze

Atualizado: Sexta-feira, 19 Fevereiro de 2016 as 5:45

O FBI está investigando o que pode ter sido o ataque terrorista de um 'lobo solitário' (método usado pelo Estado Islâmico), em um restaurante israelense em Columbus, Ohio (EUA). O crime ocorreu na última quinta-feira da semana passada.

Armado com um facão, o assaltante feriu quatro funcionários do estabelecimento comercial, antes que fosse atingido e morto pela polícia, com um tiro. Esta semana, no entanto, o restaurante acabou tornando-se um lugar de esperança.

Na última quarta-feira (17), milhares de clientes fiéis lotaram a área onde o 'Nazaré Deli & Restaurant' está localizado, respondendo a um convite feito pelo Facebook, para entrar no local, mostrar apoio e até mesmo desfrutar de uma refeição no buffet.

O proprietário, um árabe cristão que emigrou de Israel, disse que o assaltante checou o restaurante, antes de atacar.

"Ele verificou duas vezes para se certificar que eu era de Israel e, em seguida, ele saiu, porque eu não estava aqui, mas depois ele voltou, meia hora mais tarde - talvez esperando que eu estivesse aqui e eu não estava. Então, ele atacou alguns clientes", disse Hany Baransi, proprietário do restaurante Nazareth Deli.

Durante duas noites nesta semana, Varanasi e sua equipe reuniram-se com os seus clientes para apoiar uns aos outros e se manifestarem juntos contra a violência e a intolerância.

"O Senhor está com suas mãos sobre este lugar", disse Baransi.

"A única maneira de mostrar que isto [ataque terrorista] não foi bom ato, é encher este restaurante com os clientes e mostrar o nosso apoio. É isso que estamos fazendo aqui", disse um cliente à CBN News.

"Isso é realmente esmagador. Eu não posso imaginar como a equipe e o proprietário se sentem agora", disse outro.

A maioria em Columbus provavelmente nunca pensou que eles poderiam compartilhar uma conexão com os ataques terroristas de Paris, mas pelo menos um cliente o fez, entregando uma placa com uma mensagem especial ao dono do restaurante.

"Aqui diz 'Je Suis Nazaré'. Um dos meus clientes fez isso e eu sou israelita, eu sou árabe. "Je suis" - Você sabe, somos todos um", disse Baransi.

Enquanto ainda não tem certeza do que vai fazer daqui em diante, Baransi disse que está claro é que, 'apesar de conviver com o terrorismo em seu próprio quintal', as pessoas de sua comunidade têm tomado uma posição e demonstrado que estão realmente unidas.

veja também