Mídia Internacional diverge sobre crucificação de padre indiano

Enquanto sites, como o britânico 'Telegraph' afirmam que o sacerdote foi crucificado, o site 'Daily Mail' indica que o padre ainda pode estar vivo.

fonte: Guiame

Atualizado: Domingo, 3 Abril de 2016 as 8:49

A mídia internacional tem divergido a respeito das informações sobre a suposta crucificação de um padre indiano no domingo de Páscoa.

Tom Uzhunnalil sequestrado por homens armados no Iêmen no mês passado, em um ataque do Estado Islâmico a um convento na cidade de Aden (Iêmen), no qual cerca de 16 pessoas morreram, entre elas, quatro freiras. O ataque foi condenado pelo Papa Francisco.

Porém, enquanto sites, como o britânico 'Telegraph' afirmam que o sacerdote foi crucificado, o site 'Daily Mail' indica que o padre ainda pode estar vivo.

Segundo a Conferência Episcopal da Índia (CBCI) informou, a delegação reuniu-se com o ministra indiana das relações Exteriores, que disse que o governo está trabalhando para garantir o retorno seguro do padre.

"Ela nos assegurou que o Padre Tom está seguro e as negociações estão em curso por sua libertação, que poderia acontecer muito em breve", disse o padre Joseph Chinnaiyan, vice-secretário da CBCI.

veja também