Ministério Público barra 'escola de bruxaria' em Campos do Jordão (SP)

O hotel interditado receberia mais de 200 alunos inscritos para a 'Escola de Magia e Bruxaria', promovida com a intenção de levar às crianças uma experiência inspirada em Hogwarts, a escola de magia do filme Harry Potter.

fonte: Guiame, com informações de G1

Atualizado: Sexta-feira, 24 Junho de 2016 as 3:17

Interditado nesta quinta-feira, o Castelo receberia 200 alunos para evento inspirado no filme Harry Potter. (Foto: Reprodução/Escola de Magia e Bruxaria)
Interditado nesta quinta-feira, o Castelo receberia 200 alunos para evento inspirado no filme Harry Potter. (Foto: Reprodução/Escola de Magia e Bruxaria)

A 'Escola de Magia e Bruxaria', que aconteceria neste fim de semana em Campos do Jordão, no interior de São Paulo, foi cancelada devido a interdição do hotel que receberia o evento.

Segundo a decisão do Ministério Público (SP), determinada nesta quinta-feira (23), o Hotel Castelo atuava sem alvará de funcionamento e Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

O hotel receberia nesta sexta (24) mais de 200 alunos de todo o país inscritos para a 'Escola de Magia e Bruxaria', promovida com a intenção de levar as crianças a viverem quatro dias inspirados em Hogwarts, a escola de magia do filme Harry Potter. O evento custou R$ 1.850 para cada inscrito.

Na decisão da Justiça, motivada por uma ação da promotoria baseada em uma denúncia, o juiz destaca que o hotel “sequer tem inscrição como ponto comercial e houve contínua atividade clandestina”.

O documento cita ainda que a realização de eventos no espaço é “verdadeira aventura clandestina e temerária”. A decisão do MP foi tomada no último dia 17, mas o hotel só recebeu a notificação nesta quinta-feira.

A Prefeitura de Campos do Jordão informou que o hotel procurou a administração municipal antes da realização dos eventos para a regularização do estabelecimento, mas que a estrutura exigia adequações e por isso o alvará não foi emitido. No entanto, após o início da chegada das crianças inscritos, informou que um alvará provisório foi entregue ao hotel nesta quinta e que o estabelecimento tem prazo de 90 dias para se adequar às exigências.

A bruxaria ou feitiçaria designa o uso de poderes de cunho sobrenatural. De acordo com o historiador norte-americano Jeffrey B. Russell, existem três pontos de vista principais sobre a bruxaria: no ponto de vista antropológico, a bruxaria é sinônimo de feitiçaria; no histórico, a bruxaria (europeia) é colocada como uma prática ligada ao culto ao diabo; na bruxaria moderna ou hodierna, a seita é vista como uma religião pagã.

veja também