Morador de rua fala sobre perdão após apanhar de desconhecidos: “Deus ainda os ama”

Embora as agressões tenham deixado o sem-teto com quatro costelas quebradas e hematomas internos, ele acredita que o perdão é o único caminho para a verdadeira cura.

fonte: Guiame, com informações de CBN News

Atualizado: Terça-feira, 16 Agosto de 2016 as 4:05

A agressão sofrida nas ruas resultou em quatro costelas quebradas, hematomas internos e uma infecção. (Foto: KWES/Evan Rogers)
A agressão sofrida nas ruas resultou em quatro costelas quebradas, hematomas internos e uma infecção. (Foto: KWES/Evan Rogers)

Conhecido como “Rei”, Arthur Bennett é um morador de rua que costuma receber apoio da vizinhança na cidade de Midland, no Texas.

Mesmo sem prejudicar ninguém, ele quase viu a morte depois de ser agredido por um grupo de pessoas que não tiveram seus nomes nem motivações identificados.

Embora as agressões tenham deixado marcas em seu corpo, Arthur acredita que o perdão é a única maneira de se encontrar a verdadeira cura.

“O Senhor perdoa todo mundo. Se eles fizeram algo errado, se eles roubaram, ou qualquer outra coisa, o Senhor ainda os ama", disse ele à agência de notícias CBS 7.

Há mais de duas semanas, os médicos deram alta ao homem sem-teto, de 65 anos. Arthur permaneceu internado no hospital durante quase uma semana. A agressão sofrida nas ruas resultou em quatro costelas quebradas, hematomas internos e uma infecção.

De acordo com uma página criada para arrecadar fundos para Arthur, no site GoFundMe, o morador de rua é membro da igreja ‘Under the Bridge’ há três anos. O pastor Evan Rogers é o responsável pela campanha em auxílio de Arthur.

Na página da GoFundMe, a descrição da campanha esclarece que o dinheiro arrecadado será revertido para a construção de um pequeno trailer para Arthur. A página já levantou mais de US$ 6 mil.

veja também