Morgan Freeman participará da nova série 'A História de Deus': "É uma busca pessoal"

O ator será um tipo de 'contador de histórias' nesta nova série que abordará crenças diversas, viajando pelo mundo. Locais como o Muro das Lamentações, templos maias e a grande igreja de Lakewood, em Houston estão no roteiro do programa.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Sexta-feira, 19 Junho de 2015 as 11:16

O premiado ator Morgan Freeman está se juntando à National Geographic para produzir a série 'A História de Deus'. A proposta é falar mais sobre as crenças das pessoas com relação a Deus por todo o mundo.

Segundo relatórios do 'Christian Today' Freeman irá visitar a conhecida 'Lakewood', liderada pelo Pr. Joel Osteen, em Houston como parte do projeto
 
Além disso, Freeman também irá viajar para o Muro das Lamentações (Jerusalém), para a Árvore Bodhi (Índia), templos maias, as ruínas de Gobekli Tepe (Turquia), e o monumento celta, em 'Stonehenge'.
 
Segundo o produtor executivo da série, Lori McCreary, falar sobre Deus nos dias atuais é, 'sem dúvida' relevante.

"Deus é sem dúvida o tema mais importante do nosso tempo. O acesso sem precedentes dentro da National Geographic nos permitirá explorar o mistério mundial por trás de Deus e da religião. Com Morgan Freeman como o nosso 'contador de histórias', nós estamos produzindo um visual impressionante e a série vai estimular conversas significativas sobre Deus e a fé, igualmente instigante entre crentes e não crentes", destacou.
 
A série irá ao ar em 2016, transmitida para mais de 171 países. Entre os subtemas abordados, estarão: criação, milagres, ressurreição e uma variedade de outros assuntos relacionados a religiões.
 
Para Freeman disse, participar desta série pode significar mais que um trabalho e sim, uma 'busca pessoal'.

"A história de Deus é um dos maiores mistérios e idéias mais importantes do mundo. Para mim, esta é uma busca pessoal e duradoura para entender o divino, e sinto-me humilde pela oportunidade de levar os espectadores ao longo desta incrível jornada", disse.

Apesar das declarações de Freeman, o site 'Christian Today' lembrou que antes desta série, o ator se portava como um 'cético religioso'.

veja também