Mulher evangeliza assassino do sobrinho: 'Seja um mafioso para Jesus'

"Você quer ser um gângster? Por que você não se torna um gângster para Jesus?", questionou Plair a Jamon Hampton. Nos Estados Unidos, gângster é um termo usado para definir um membro de uma máfia.

fonte: Guiame, com informações de Freep

Atualizado: Sexta-feira, 17 Julho de 2015 as 8

Jamon Hampton, acusado de assassinar Anthony Kye.
Jamon Hampton, acusado de assassinar Anthony Kye.

 

Cynthia Plair, uma norte-americana que teve seu sobrinho morto a tiros em 2013, aproveitou o julgamento do criminoso, nesta quarta-feira (15) para evangelizá-lo.
 
"Você quer ser um gângster? Por que você não se torna um gângster para Jesus?", questionou Plair a Jamon Hampton. Nos Estados Unidos, gângster é um termo usado para definir um membro de uma máfia.
 
Hampton foi condenado a 75 anos de prisão em Lansing, capital do estado de Michigan. O sobrinho de Plair, Anthony Kye, levou 28 tiros pelo criminoso por um acerto de contas. O problema é que Hampton, que estava acompanhado de seu irmão, acertou o alvo errado – Kye não era a pessoa que ele deveria matar.
 
Na audiência, Hampton assegurou sua inocência. "Eu gostaria de pedir desculpas à família de Anthony Kye por sua tragédia, mas eu e meu irmão não cometemos isso", disse Hampton. "Não devemos desmerecer a tragédia, mas minha mãe tem dois filhos longe dela."

veja também