Nos bastidores do Oscar, brasileira evangeliza celebridades: “Propósito especial”

Rayanne passou a frequentar o mundo das celebridades depois que seus doces foram conhecidos por uma estilista de Nova York. Hoje ela aproveita cada oportunidade para levar o amor de Cristo.

fonte: Guiame, com informações de Revista Adventista

Atualizado: Terça-feira, 7 Março de 2017 as 11:44

Dona da “Glamour Bombonier”, Rayanne foi convidada para apresentar seus doces no Oscar. (Foto: Reprodução)
Dona da “Glamour Bombonier”, Rayanne foi convidada para apresentar seus doces no Oscar. (Foto: Reprodução)

Por causa dos incríveis doces produzidos por sua empresa, uma brasileira evangélica teve a oportunidade de compartilhar o amor de Cristo nos bastidores do Oscar, o mais importante e prestigioso prêmio do cinema mundial.

Rayanne Sabará Rodrigues passou a frequentar o mundo das celebridades depois que uma estilista de Nova York experimentou seus doces veganos e os apresentou para um dos produtores da semana do Oscar.

Ele gostou tanto da marca de chocolates “Glamour Bombonier” que convidou Rayanne para expor as guloseimas durante o evento. Pelo terceiro ano consecutivo, a brasileira conquistou o paladar dos famosos e passou a ser conhecida como a “dama do chocolate”, em Hollywood.

Seu cartão de visitas e a etiqueta dos produtos apresentam a frase: “Always trust in the Lord” (“Confie sempre no Senhor”, em tradução ao português). “Essa é a mensagem que passo aos clientes”, Rayanne ressalta.


Kevin Sorbo, ator do filme “Deus Não Está Morto”, foi um dos que receberam o livro de Rayanne. (Foto: Arquivo Pessoal) 

Os doces de Rayanne foram expostos este ano no Hollywood Museum, localizado em frente ao local que recebeu a cerimônia do Oscar. Mais de 550 estatuetas de chocolate foram produzidos para convidados de dois eventos paralelos: o Roger Neal Hollywood Style e o Children Uniting Nation, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

“Sinto-me honrada por receber pessoalmente o convite dessas pessoas tão especiais para a sociedade hollywoodiana. Não há palavras que expressem o que sinto ao participar desse evento. Apenas agradeço a Deus por abrir essa porta”, disse Rayanne ao jornal Brazilian Times, que circula nos Estados Unidos.

Nos bastidores, Rayanne teve a oportunidade de conhecer alguns famosos mais de perto. No ano passado, ela foi convidada pela atriz e compositora Carol Connors para visitá-la em sua mansão, em Beverly Hills. “Fui muito bem recebida. Pude vê-la tocando ao piano uma de suas composições mais famosas: a música tema do filme Rocky“, a brasileira conta.

Enquanto exibia seus doces, Rayanne presenteou algumas celebridades com a biografia do do paramédico adventista que inspirou o filme Hacksaw Ridge, dirigido por Mel Gibson. O protagonista manteve seus princípios em meio à guerra e lutou sem armas para salvar dezenas de companheiros feridos na batalha de Okinawa, em um sábado de 1945.

A brasileira também distribuiu exemplares do livro “The Great Hope”, uma edição condensada da obra O Grande Conflito, de Ellen G. White. “Tenho percebido que muitas celebridades sofrem com a solidão e o vazio, o que me levou a compartilhar amor e esperança por meio da nossa literatura”, conta Rayanne, que é frequentadora da Igreja Adventista em Worcester, no estado de Massachusetts.


Os doces de Rayanne foram expostos junto com alguns livros cristãos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Procurada por uma atriz durante a semana do Oscar, Rayanne conta que recebeu o convite para participar de um programa de televisão a fim de contar sobre sua trajetória na confeitaria e sua fé cristã.

“Foi por um propósito especial que o Senhor me trouxe aqui. Por isso quero continuar usando a publicidade dos meus produtos e essa abertura em Hollywood para exaltar o nome de Deus”, ela afirma.

Natural de Cariacica, no Espírito Santo, a capixaba  foi eleita em 2015 pela CTBI (Central do Trabalhador Imigrante Brasileiro nos Estados Unidos) uma das 30 personalidades brasileiras no país. Ela também é reconhecida pelo apoio que presta a imigrantes.  “Ajudamos famílias que chegam do Brasil com roupas e alimentos”, relata a empresária.

Rayanne também atua como voluntária na capelania hospitalar, orando pelos doentes e arrecadando brinquedos para crianças hospitalizadas.

veja também