Papa se reunirá pela 1ª vez com líder da Igreja Ortodoxa Russa

Esta é a primeira vez na História que um papa e um patriarca russo se encontram desde o desacordo entre as duas igrejas, em 1054.

fonte: Guiame, com informações de O Globo

Atualizado: Sexta-feira, 5 Fevereiro de 2016 as 2:31

Principal tema da reunião entre Papa Francisco e o Patriarca Kirill deve ser a perseguição a cristãos no Oriente Médio. (Foto: Ivan Sekretarev/ AP)
Principal tema da reunião entre Papa Francisco e o Patriarca Kirill deve ser a perseguição a cristãos no Oriente Médio. (Foto: Ivan Sekretarev/ AP)

O Papa Francisco e o líder da Igreja Ortodoxa Russa farão uma reunião na próxima semana em Cuba, segundou informou o Vaticano e Moscou nesta sexta-feira (5). Esta é a primeira vez na História que um papa e um patriarca russo se encontram.

O acontecimento, que é resultado de uma negociação diplomática que começou há dois anos, pretende superar o desacordo que separou o cristianismo ocidental e oriental há um milênio. 

“(O encontro) irá marcar uma etapa importante nas relações entre as duas igrejas. A Santa Sé e o Patriarcado de Moscou esperam também seja um sinal de esperança para todas as pessoas de boa fé. Eles convidam todos os cristãos fervorosamente a orarem para que Deus abençoe este encontro, que dê bons frutos”, diz o comunicado conjunto.

As diferenças entre as instituições religiosas se mantêm, mas estão sendo deixadas de lado em favor de uma resposta conjunta à perseguição dos cristãos no Oriente Médio, tema que será o principal assunto discutido por eles, informou o clérigo ortodoxo Metropolitan Hilarion.

A reunião entre Francisco e Kirill ocorrerá na próxima sexta, dia 12 de fevereiro, informou o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi. 

A previsão é que a conversa dure cerca de duas horas em uma sala do Aeroporto Internacional José Marti, em Havana — uma duração considerável, já que o Pontífice costuma se reunir com os demais líderes mundiais por menos de uma hora.

veja também