Para não temer tubarões no mar, Medina apela para a fé: “O negócio é acreditar em Deus”

Um dos casos mais famosos de ataques de tubarão a surfistas aconteceu no ano passado com o australiano Mick Fanning em pleno campeonato, na África do Sul.

fonte: Guiame, com informações de Torcedores

Atualizado: Terça-feira, 2 Fevereiro de 2016 as 11:51

Para vencer o medo, Gabriel Medina, campeão mundial de surfe de 2014, disse que a fé é o segredo. (Foto: ASP / Damien Poullenot/ Aquashot)
Para vencer o medo, Gabriel Medina, campeão mundial de surfe de 2014, disse que a fé é o segredo. (Foto: ASP / Damien Poullenot/ Aquashot)

Para um surfista, um dos maiores temores são os supostos ataques por tubarões. Um dos casos mais famosos aconteceu no ano passado com o australiano Mick Fanning, que foi atacado por dois tubarões em pleno campeonato em Jeffreys Bay, na África do Sul.

Para vencer o medo, Gabriel Medina, campeão mundial de surfe de 2014, disse durante entrevista no programa “Os Donos da Bola” que a fé é o segredo.

“É difícil, a gente sabe que existe o tubarão ali no mar, mas a gente não acredita que ele vai aparecer, até aparecer como aconteceu na África do Sul. A gente convive com isso. O negócio é não pensar e fazer o que estamos ali pra fazer e acreditar em Deus”, disse Medina nesta segunda-feira (1).

No episódio do ataque, Fanning, que é tricampeão mundial, foi surpreendido pelos tubarões quando esperava por uma onda. Ele trocou socos com os animais e milagrosamente escapou ileso, sem nenhum arranhão.

"Foi difícil dormir. Vi as imagens e enlouqueci com tudo o que aconteceu. Tive sorte. Não sou um cara muito religioso, mas sei que tinha alguém olhando por mim naquele momento", desabafou Fanning.

veja também