Pastor resgata adolescente atingido em tiroteio entre PMs e traficantes no Rio

O jovem Wesley Daniel Santos Oliveira saía de uma igreja quando foi atingido por três tiros — na cabeça, no rosto e no peito. Naquele momento havia troca de tiros entre policiais militares e traficantes.

fonte: Guiame, com informações de G1

Atualizado: Quarta-feira, 30 Dezembro de 2015 as 9:54

Wesley era entregador de bebidas, cursava o ensino médio e não tinha envolvimento com criminosos. (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Wesley era entregador de bebidas, cursava o ensino médio e não tinha envolvimento com criminosos. (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Em meio a um tiroteio na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro, um adolescente de 17 anos foi atingido na noite desta terça-feira (29).

O jovem Wesley Daniel Santos Oliveira saía de uma igreja quando foi atingido por três tiros  — na cabeça, no rosto e no peito. Naquele momento havia troca de tiros entre policiais militares e traficantes.

Wesley foi socorrido por um pastor, que o levou a uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Engenho Novo. No entanto, o adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a família informou à Polícia civil, Wesley era entregador de bebidas, cursava o ensino médio e não tinha envolvimento com criminosos. Ele tinha o sonho de entrar no serviço militar e aguardava com ansiedade o aniversário de 18 anos para se alistar.

Os policiais envolvidos no tiroteio disseram à Polícia Civil que foram cercados por bandidos e precisaram do apoio de um veículo blindado para deixar o local.

As armas dos militares foram apreendidas e serão submetidas a testes balísticos. A divisão de Homicídios (DH) está investigando o caso.

veja também