Policial 'distrai' criança após acidente de carro com os pais e imagem gera comoção

O oficial Nick Struck contou que é pai de uma garotinha de dois anos e pensou em sua filha no momento. "Eu não sou um médico, mas eu sei como dar um abraço em alguém", disse o policial.

fonte: Guiame, com informações do K For

Atualizado: Quinta-feira, 25 Junho de 2015 as 7

Ao encontrar a criança assustada na cena do acidente, o policial Nick Struck pegou a pequena no colo e chegou a cantar para acalmar a criança.
Ao encontrar a criança assustada na cena do acidente, o policial Nick Struck pegou a pequena no colo e chegou a cantar para acalmar a criança.

A foto de um policial distraindo uma criança após os pais desta terem sofrido um acidente de carro tornou-se viralna internet, com quase 3 milhões de visualizações.

Segundo o jornal britânico “Daily Mirror”, a foto foi tirada por Jessica Matrious, que passou pelo local e viu o oficial segurando uma garotinha no colo. O oficial Nick Struck apontava para o céu desviando a atenção da criança, enquanto os socorristas verficavam a situação dos passagens dentro do carro.

O acidente ocorreu por volta das 9h30 do dia 18 de junho, em Brighton, no Colorado, Estados Unidos, quando um pneu explodiu e levou o carro que levava dois adultos e quatro crianças a capotar.

Segundo a polícia, um homem morreu no local acidente, enquanto uma mulher e uma criança foram levadas ao hospital, em um helicóptero.

Quando entrevistado pela emissora norte-americana 'News Channel 4', Nick explicou que o instinto paterno falou mais alto naquele momento.

"Eu tenho uma filha de 2 anos de idade e ela é a minha primeira filha. Então, é claro, o meu primeiro pensamento foi que aquela poderia ser minha filha pequena. Eu não sou um médico, mas eu sei como dar um abraço em alguém, e você pode acreditar que cada um desses oficiais na cena faria a mesma coisa", disse o policial, que também confessou que chegou a cantar 'Birlha Brilha Estrelinha' para acalmar a criança em seu colo.

Ao ver a foto nas mídias sociais, internautas postaram comentários emocionados, como: “Isso dói muito”, “Isso é devastador”, “É reconfortante saber que ainda há pessoas incríveis por aí” e “Ele está fazendo o trabalho mais difícil”, entre outros milhares.

A emoção / comoção gerada pela foto pode nos levar a reflexões diversas. Uma delas é que a atitude tomada pelo policial foi a mesma tomada por milhões de pais e mães em todo o mundo, quando - em suas devidas proporções - encontram seus filhos cercados pela dor e pela angústia, que talvez ainda seja forte demais para que seus pequenos as compreendam.

A atitude tomada pelo policial, em pegar a criança no colo e chamar sua atenção para a beleza do seu e do horizonte à sua frente passou longe de uma intenção de alienar a criança. Pareceu mais um desejo de não expor sua mente ainda tão jovem e em formação à trágica cena em que seu pai estaria morto entre as ferragens de um carro que acabou de capotar. O susto com os giros dados pelo carro já foram suficientes para deixar a criança bem assustada. A esta altura, ela não precisaria de mais cenas traumáticas gravadas em sua memória.

A imagem também pode trazer à mente o cuidado que Deus tem com a vida humana em diversos momentos, dando o livramento em situações cuja a real complexidade / gravidade nem chegam ao conhecimento de quem escapou destas.

Quantas pessoas já não se sentiram como esta criança, sendo acalmada e envolvida por tanto amor e compaixão em meio a tanta dor?

Posteriormente, a garota que ganhou o afago deste sensível policial irá descobrir que perdeu seu pai em um trágico acidente. Mas também irá saber que foi cercada de amor por alguém que nem a conhecia em um dos momentos mais duros de sua vida, ainda tão jovem.

veja também