Pré-estréia de “Quarto de Guerra” emociona líderes e pastores em SP

“Não existe Avivamento sem oração”, diz Pr. Edson Rebustini sobre a proposta que o filme trás: o retorno ao quarto de oração.

fonte: Guiame, Mariana Ebenau

Atualizado: Quinta-feira, 26 Novembro de 2015 as 9:29

Momento de oração e louvor com cerca de 400 líderes e pastores em pré-estréia do filme "Quarto de Guerra". (Foto: Guiame/ Mariana Ebenau)
Momento de oração e louvor com cerca de 400 líderes e pastores em pré-estréia do filme "Quarto de Guerra". (Foto: Guiame/ Mariana Ebenau)

O filme que já impactou cerca de 6 milhões de pessoas nos Estados Unidos e na América Latina, chega à São Paulo em pré-estréia na noite desta terça-feira (24).

O evento, que aconteceu na Igreja Bíblica da Paz, zona norte da capital, reuniu cerca de 400 líderes e pastores de variadas denominações. Dentre o público, estavam presentes os pastores Rinaldi Digilio, Edson Rebustini, Adhemar de Campos, entre outros líderes de São Paulo.

Distribuído no Brasil pela Canzion Films, o longa é dos mesmo autores de “Desafiando Gigantes”, “Corajosos” e “À Prova de Fogo”.

“Eu me sinto muito honrado neste primeiro evento da, de trazer esse filme para as telas do Brasil, um cinema que há tantos anos esteve sob poder do inimigo, passando filmes que destroem muitas vezes os lares, traz violência aos jovens, e agora está sendo este mesmo instrumento usada para a glória de Deus”, disse o Pastor Gilsemar Silva, diretor da Canzion Brasil.


Pastor Gilsemar Silva, diretor da Canzion Brasil, falando a líderes e pastores. (Foto: Guiame/ Mariana Ebenau)

Adhemar de Campos marcou presença no evento, e disse ter se interessado muito ao assistir o teaser e ver que o foco do filme era o quarto de uma mulher de oração.

“A oração é como o oxigênio: você depende do oxigênio para respirar, pra sobreviver. Oração é o ponto de partida que estabelece um fundamento, uma raiz, sobre a qual você constrói”, disse ele em entrevista exclusiva ao Guiame.

Pastor Adhemar de Campos em pré-estréia do filme "Quarto de Guerra". (Foto: Guiame/ Mariana Ebenau)

Cláudio Moura, vocalista da Banda Bálsamo, expressou sua alegria em ver um filme cristão com qualidade, e que relata a realidade da vida cristã.

“É um filme que relatou a verdade, o cotidiano do que acontece na vida de todo mundo, foi direto no foco. Trouxe também muito forte a parte espiritual, porque muitas vezes tentamos mostrar força em nós mesmos e esquecemos a força que vem de Deus”, disse ele.

Banda Bálsamo em pré-estréia do filme "Quarto de Guerra". (Foto: Guiame/ Mariana Ebenau)

O Pastor Edson Rebustini, anfitrião do evento, ressaltou a importância da oração: “Às vezes, pensamos em métodos, pensamos em estratégias, fazemos coisas pra atrair pessoas, e nos esquecemos que a oração é a maior arma que a igreja tem, e às vezes não é usada”.

Rebustini acrescentou, ainda, que não existe avivamento sem oração. “Pode haver movimento, pode haver shows, enfim, muitas coisas parecidas, mas avivamento que leva ao arrependimento, à conversão verdadeira, só vem através da oração”.


Pastores Rinaldi Digilio e Edson Rebustini em pré-estréia do filme "Quarto de Guerra". (Foto: Guiame/ Mariana Ebenau)

O filme levou muitos à refletir, e à resgatar valores essenciais. O músico e DJ Gerê expressa seu sentimento de impacto pelo que assistiu. “Eu, apesar de ter 14 anos de evangelho, saio daqui mais uma vez renovado”.

Um chamado de Deus

Muitos ainda acreditam que o filme veio para despertar a igreja – essa é a opinião de Erica Sena, integrante do Coral Soul Livre. Ela diz que apesar de ver muitos cristãos pendendo para um esfriamento espiritual, tem visto o Senhor trazendo um novo tempo, de oração, busca e intimidade com o Espírito Santo.


 Erica Sena, integrante do Coral Soul Livre, em pré-estréia do filme "Quarto de Guerra". (Foto: Guiame/ Mariana Ebenau)

Janaína Palmeirense, radialista da Bola Radio afirma com convicção: “Pra mim, Deus está levantando um exército, despertando os remanescentes, Deus está falando de um novo tempo para a igreja do Senhor Jesus, isto é, um despertar da igreja”.

Sua companheira de profissão, Fernanda Veiga, lembra que o avivamento começa em casa: “Se você quer ter um lar santificado, um lar abençoado, tem que ter oração – e a intercessória – uns pelos outros dentro de casa. Fortalece o lar.”


Janaína Palmeirense e Fernanda Veiga, radialistas da Bola Radio. (Foto: Guiame/ Mariana Ebenau)

O filme Quarto de Guerra estreia nos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira (3), e será exibido pela rede Cinépolis. Confira os locais de exibição aqui.

veja também