'A Ressurreição' será sequência de 'A Paixão de Cristo’, revela Mel Gibson

O cineasta tem se reunido com o roteirista Randall Wallace para produzir a sequência nomeada por eles como ‘A Ressurreição’.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Segunda-feira, 29 Agosto de 2016 as 11:57

O ator de 60 anos, que dirigiu e produziu o primeiro filme, foi perguntado por Laurie sobre os rumores que circulam em torno do novo longa. (Foto: Reprodução).
O ator de 60 anos, que dirigiu e produziu o primeiro filme, foi perguntado por Laurie sobre os rumores que circulam em torno do novo longa. (Foto: Reprodução).

O ator e cineasta Mel Gibson apareceu no último domingo (28) como convidado surpresa no evento “SoCal Harvest”, promovido pelo pastor sênior da Harvest Christian Fellowship, Greg Laurie. Gibson esteve no palco com o evangelista para falar sobre as novidades em que está trabalhando, entre elas a sequência do filme “A Paixão de Cristo”, que poderá ser chamada de “A Ressurreição”.

Em junho desse ano, o roteirista Randall Wallace, que escreveu clássicos como "Coração Valente" e "Pearl Harbor", disse ao site Hollywood Reporter que ele e Gibson estão trabalhando na continuação do filme, produzido em 2004. A nova produção foca na ressurreição de Cristo. "'A Paixão' é o começo e tem muito mais para contar", pontuou Wallace.

O ator de 60 anos, que dirigiu e produziu o primeiro filme, foi questionado por Laurie sobre os rumores que circulam em torno do novo longa. Gibson disse que ele se reuniu com Wallace para falar sobre a possibilidade do segundo filme ser chamado de "A Ressurreição".

"Nós estamos conversando sobre isso. Claro, isso é um enorme compromisso", disse Gibson. "Não será um 'A Paixão de Cristo 2', mas estamos chamando de 'A Ressurreição'", ressaltou. "Claro, isso é um assunto muito importante e precisa ser analisado, porque nós não queremos apenas fazer uma apresentação simples [da ressurreição]. Queremos explorar significados mais profundos do que o tema se trata, e isso pode demorar", Gibson continuou.

"Randall Wallace também é um escritor brilhante, ele é um grande diretor. Ele dirigiu “O Céu É de Verdade”, entre outros filmes. Então, ele é um bom escritor e diretor”, avaliou.

Novo filme

Laurie também perguntou a Gibson sobre seu próximo filme "Hacksaw Ridge", que é baseado em uma história verdadeira, dirigido por Gibson e co-escrito por Wallace. O filme, que sai em novembro, detalha o heroísmo de Desmond Doss, um médico cristão do exército americano que trabalhou durante a Segunda Guerra Mundial.

Doss era adventista e muito conhecido por salvar vidas, como a dos 75 de seus companheiros que estavam sob fogo inimigo durante a batalha de Okinawa (Japão), em 1945.

"Desmond Doss recebeu uma Medalha de Honra do Congresso por sua coragem, mesmo estando em perigo. Ele era muito singular em relação à maioria dos que recebem a Medalha de Honra. Ele tinha de tomar uma decisão médica em uma fração de segundo e sempre era uma decisão corajosa e heróica", explicou Gibson. "Desmond fez isso por várias vezes e em diferentes lugares no Pacífico. Sua maior conquista foi em Okinawa, onde ele salvou muitos homens”, disse.

Gibson afirmou que Doss foi um "homem de fé e convicção", e que "ele não poderia ter feito o que fez sem o poder de Deus". O ator é conhecido por grandes sucessos de Hollywood como "Mad Max", "Máquina Mortífera" e "Coração Valente". Ele explicou que gosta de fazer filmes com mensagens cristãs como "A Paixão de Cristo", "Hacksaw Ridge" e “A Ressurreição", porque "os super-heróis são reais".

Confira a entrevista (em inglês):

veja também