Ricardo Oliveira diz que Deus revelou em sonho que ele jogaria no Santos

O artilheiro conta que na época, não havia nenhuma negociação com a equipe santista. No entanto, após dois dias do sonho, o Santos entrou em contato com o jogador querendo contratá-lo.

fonte: Guiame, com informações de Torcedores

Atualizado: Quinta-feira, 5 Novembro de 2015 as 11:43

Em um vídeo publicado nas redes sociais, onde o jogador relata seu testemunho no futebol, Ricardo conta que Deus revelou a ele, em sonho, que ele faria parte do time do Santos. (Foto: Globo Esporte)
Em um vídeo publicado nas redes sociais, onde o jogador relata seu testemunho no futebol, Ricardo conta que Deus revelou a ele, em sonho, que ele faria parte do time do Santos. (Foto: Globo Esporte)

O atacante Ricardo Oliveira tem sido um dos maiores destaques do Santos e da seleção brasileira — mas as maiores goleadas do jogador acontecem no campo da fé. Hoje, 18 jogadores santistas participam das reuniões que Ricardo organiza e dois foram batizados.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, onde o jogador relata seu testemunho no futebol, Ricardo conta que Deus revelou a ele, em sonho, que ele faria parte do time do Santos. 

“Eu tive um sonho, eu dentro de um ônibus, cheio de atletas, vestindo a camisa do Santos, do meu lado o Robinho e um louvor que tomou conta dentro do ônibus. Eu acordei no outro dia e liguei para a Débora (esposa de Ricardo), e disse que Deus deu a direção de onde que eu vou jogar, e eu disse que pro Santos”, contou.

O artilheiro conta que na época, não havia nenhuma negociação com a equipe santista. No entanto, após dois dias do sonho, o Santos entrou em contato com o jogador.

Ricardo relembra como foi enfrentar as perguntas dos repórteres que o questionavam por ter voltado ao Brasil em uma equipe que estava em crise. “Eu estou aqui porque onde todo mundo, inclusive vocês, estão vendo crise, eu estou vendo oportunidade — mas para cumprir um propósito que Deus me deu”, disse o pastor.

Além de contar sobre sua chegada no Santos, Ricardo Oliveira, diz que o auditório utilizado para as reuniões táticas na Vila Belmiro hoje é palco de cultos conduzidos por ele. "Hoje, no Santos, nós não temos mais reuniões, nós temos cultos."

No mesmo vídeo, que já tinha tido trecho publicado pelo Guiame, Ricardo revela que seu maior reconhecimento está em sua atuação como pastor.

“Hoje eu já não sou tido mais como jogador de futebol no meio da minha profissão. Se alguém aí é sintonizado e conhece um pouquinho de futebol, pode saber que todo mundo me chama de pastor. Já deixou de ser só o Ricardo de Oliveira, mas o pastor, porque Deus me levantou assim”, disse ele.

Assista ao testemunho completo:

veja também