Se esta rua fosse minha consciência

Há maior honra em denunciar o mal da sociedade, incluindo-se como parte dela, assim como fez um Profeta Hebreu chamado Isaías, que afirmou ser “um homem de lábios impuros, que habita em meio a um povo de impuros lábios”

fonte: Guiame, Alexandre Robles

Atualizado: Domingo, 15 Março de 2015 as 2:31

Protestos contra a corrupção e o governo tomam as ruas de todo o país
Protestos contra a corrupção e o governo tomam as ruas de todo o país

No dia 15 de Março de 2015, pessoas sairão às ruas em protesto, dizer que não suportam mais a corrupção, dentre outras insatisfações. O povo vai à rua dizer que não querem mais estes que estão no poder.

O importante, antes de mais nada, é discernir que estamos colhendo o que plantamos. Somos um povo corrupto. Nosso DNA cultural é corrupto, somos a sociedade que cria “dificuldades para vender facilidades”.

Seria bom se cada brasileiro entendesse que nesse dia, estaremos protestando contra nós mesmos, nosso jeito de pensar e nossa cultura.

Corrupto não é somente este Governo, mas todo um sistema político. Corrupta não é somente a política partidária, mas toda a nação. Corrupto não é somente o povo brasileiro, mas eu e você, nas pequenas barganhas que fazemos no nosso dia a dia.

Há maior honra em denunciar o mal da sociedade, incluindo-se como parte dela, assim como fez um Profeta Hebreu chamado Isaías, que afirmou ser “um homem de lábios impuros, que habita em meio a um povo de impuros lábios”.

Minha consciência é a rua em que irei protestar amanhã, contra mim e a favor de minha geração, de meus filhos e dos filhos dos meus filhos.

Em tempo, duas canções apropriadas para quem sabe se enxergar, como o Profeta Isaías.

 

.

veja também