“Seria uma pessoa terrível sem Deus”, diz Justin Bieber ao admitir seus erros

Embora admita cometer atitudes "estúpidas", Bieber disse que suas ações seriam piores sem Deus. "Eu ainda estou fazendo coisas que são estúpidas, mas... Ele me dá algum tipo de esperança e algo para me agarrar", disse o cantor.

fonte: Guiame, com informações de The Christian Post

Atualizado: Segunda-feira, 22 Fevereiro de 2016 as 11:42

Justin Bieber abriu o jogo sobre seu relacionamento com Deus e disse que seria uma pessoa muito pior se não fosse por sua fé. (Foto: Swide)
Justin Bieber abriu o jogo sobre seu relacionamento com Deus e disse que seria uma pessoa muito pior se não fosse por sua fé. (Foto: Swide)

Durante uma sincera entrevista à revista GQ, o cantor Justin Bieber abriu o jogo sobre seu relacionamento com Deus e disse que seria uma pessoa muito pior se não fosse por sua fé.

"Eu sinto que é por isso que eu tenho um relacionamento com Ele, porque eu preciso Dele. Eu sou sugado por mim mesmo. Como seria se eu estivesse sozinho e não tivesse nada para me apoiar? Terrível. Seria uma pessoa terrível", disse ele.

Embora admita cometer atitudes "estúpidas", Bieber disse que suas ações seriam piores sem Deus. "Eu ainda estou fazendo coisas que são estúpidas, mas... Ele me dá algum tipo de esperança e algo para me agarrar", disse o cantor. "Um sentimento de segurança, uma sensação de ser querido, e um sentimento de ser desejado”.

A estrela pop também falou sobre um passado de mágoas e reconheceu que não pode depender de outras pessoas da maneira que depende de Deus. "Algumas pessoas me machucaram muitas vezes. Se investirmos tudo o que temos em um ser humano, nós vamos nos ferir", desabafou.

Ainda assim, Bieber não alimenta suas experiências negativas com as pessoas. Ele acredita que isso é o que o diabo quer. "Ele quer que nós não sejamos felizes. Ele quer que não vivemos a vida como podemos viver de verdade."

Bieber chegou à fama como um ídolo adolescente aos 13 anos, mas em 2011 ele foi igualmente bem conhecido por suas atitudes controversas como o uso de drogas, exageros com bebidas alcoólicas, e até mesmo crimes, como invasão de propriedades de seus vizinhos, além de usar de insultos raciais e participas corridas de carro ilegais.

Mas agora o cantor está aberto para revelar sua melhor parte, dizendo que está se esforçando para ser mais parecido com Jesus Cristo.

"Eu só quero sinceramente viver como Jesus. Não quero ser Jesus. Eu não quero que isso soe estranho. Ele criou um modelo impressionante de como amar as pessoas, ser gentil e amável", disse Bieber em uma entrevista à revista Complex no início deste ano.

veja também