"A tentação não me define, e sim o que faço com ela”, diz pastor que venceu homossexualismo

Em um passado conflitante, o pastor norte-americano Kegan Wesley lutou contra a homossexualidade e a dependência de drogas.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Quarta-feira, 10 Fevereiro de 2016 as 4:14

Kegan Wesley lutou contra a homossexualidade e a dependência de drogas. (Foto: Arquivo Pessoal)
Kegan Wesley lutou contra a homossexualidade e a dependência de drogas. (Foto: Arquivo Pessoal)

Ao ouvir as palavras de Kegan Wesley, é possível notar um homem cheio de amor de Deus, pregando a Sua Palavra de maneira apaixonada. No entanto, nem sempre foi assim. Em um passado conflitante, o pastor norte-americano lutou contra a homossexualidade e a dependência de drogas.

Em uma entrevista no programa “700 Club Interactive”, do canal CBN, Wesley relatou de que forma ele superou a experiência traumática do envolvimento com drogas e o homossexualismo, para hoje se tornar um grande pregador da Palavra de Deus.

O pastor lembra que o início de uma fase turbulenta se deu em uma festa de aniversário quando estava na 4ª série, onde sofreu abuso. A má experiência deixou uma cicatriz profunda em seu coração e sua mente.

"Eu não sabia para onde ir ou para quem ir, e se eu fosse até alguém, o que diria?", contou Wesley. "Eu também não sabia se eles iriam acreditar em mim, então eu comecei a acreditar que eu deveria guardar isso em meu coração, esconder na parte de trás do meu cérebro e simplesmente esquecer isso."

Na tentativa de deixar esta experiência para trás, Wesley recorreu ao uso de drogas e passou a se relacionar com outros homens. "Tudo o que poderia tirar da minha mente do que aconteceu na 4ª série, eu tentei," disse ele.

Ele também admitiu que se esqueceu de Deus durante os momentos mais sombrios de sua vida: "Eu era um ateu convicto", relembra.

Certa noite, Wesley foi a um show de música cristã e ficou surpreso com o que aconteceu. "Fui ao altar naquela noite, não sabia o que dizer ou como orar, e pedi a Jesus para entrar na minha vida. Foi uma experiência inesquecível para mim", lembrou Wesley, emocionado.

"Em um instante, o amor de Deus atingiu a minha vida. Eu me lembro de chorar e cair no chão, porque eu senti muito amor. Eu nunca senti isso na minha vida... Ele realmente me mudou", acrescentou o pastor.

A partir desse momento, a vida de Wesley deu uma reviravolta completa. Ele começou a viajar ao redor do mundo para compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo para outras pessoas.

Wesley, no entanto, admitiu que em alguns momentos é tentado a voltar ao estilo de vida homossexual, mas resiste a isso através da ajuda de Deus.

"Tentação: você não pode escapar. Jesus foi tentado. A tentação vem, mas não é ela que me define, e sim o que eu faço com ela. Eu só quero ser mais parecido com Jesus e menos comigo", disse ele.

veja também