Candidatos cristãos são ultrapassados por Donald Trump em primária de Nevada

Foi estimado pelas emissoras CNN, Fox News e NBC News uma projeção de vitória tranquila do magnata, com cerca de 44% dos votos

fonte: Guiame, com informações da AFP

Atualizado: Quarta-feira, 24 Fevereiro de 2016 as 9:27

Reprodução
Reprodução

A corrida pela eleição presidencial nos Estados Unidos está ficando cada vez mais acirrada. Na manhã desta quarta-feira, 24, o magnata Donald Trump obteve sua terceira vitória consecutiva nas primárias, de acordo com estimativas. O empresário fica bem à frente dos rivais Ted Cruz e Marco Rubio e a situação dos concorrentes se complica.

Trump venceu o caucus do Partido Republicano no estado de Nevada, com larga vantagem em relação a Marco Rubio e Ted Cruz que estão a frente dos demais candidatos. As informações são de acordo com projeções de emissoras de televisão dos Estados Unidos.

O candidato conseguiu sua terceira vitória consecutiva nos quatros primeiros caucuses para a candidatura presidencial. Anteriormente, Trump havia vencido em New Hampshire no dia 9 de fevereiro e na Carolina do Sul no dia 20 de fevereiro. A primeira disputa, em Iowa, foi vencida pelo senador cristão do Texas, Ted Cruz.

Foi estimado pelas emissoras CNN, Fox News e NBC News uma projeção de vitória tranquila do magnata, com cerca de 44% dos votos, seguido por Rubio com 23,5%, e Cruz com aproximadamente 23%. Para completar a lista, encontra-se em quarto lugar o neurocirurgião aposentado Ben Carson, com 7% e o governador de Ohio, John Kasich, com 4%.

"Estamos conquistando, conquistando, conquistando o país. Em pouco tempo vão estar orgulhosos de seu presidente e ainda mais orgulhosos de seu país", disse Trump num comício para apoiadores. "Tivemos 46% dos votos entre os latinos. Estou realmente feliz por isso."

O caucus de Nevada era um teste importante para Cruz e Rubio, por esse motivo eles correm contra o tempo para emergir como alternativa viável ao magnata. O calendário eleitoral sugere que, se os rivais de Trump não o alcançarem até meados de março. Com as vitórias, Trump chega fortalecido para a chamada "Super Terça" no dia 1º de março, quando os republicanos realizarão primárias em 14 estados. "Serão dois meses incríveis. Talvez nem precisaremos de dois meses, para ser honesto", afirmou Trump, em Las Vegas.

Os republicanos estão convocados para caucuses nos estados de Alabama, Alasca, Arkansas, Colorado, Georgia, Massachusetts, Minnesota, Dakota do Norte, Oklahoma, Tennessee, Texas, Vermont, Virgínia e Wyoming na próxima terça-feira. No mesmo dia, também serão realizadas primárias democratas em cerca de 12 estados americanos.

veja também