Usando uma cruz como pole dance, Madonna diz que ela e Papa Francisco "pregam a mesma mensagem"

Em seu novo show, a cantora usa uma cruz como pole dance e ainda afirma que o Papa Francisco iria desfrutar de sua performance

fonte: Guiame, com informações do The Christian Post

Atualizado: Terça-feira, 24 Novembro de 2015 as 2:02

Madonna usa cruz como pole dance em show
Madonna usa cruz como pole dance em show

A cantora Madonna afirmou em entrevista para a revista Rolling Stone que ela e o Papa Francisco pregam a mesma mensagem de Jesus que é amar o próximo como a si mesmo, e não julgar. Em Rebel Heart Tour, seu novo show, a considerada rainha do pop e suas dançarinas usam cruzes como pole dancing durante a música “Holy Water” (água benta em português) e ainda encenam uma espécie de “santa ceia” no final da performance onde “Jesus e os discípulos” parecem participar de uma orgia.

A turnê da cantora de 57 anos está repleta de simbolismo religioso. Madonna afirma que o líder vaticano deve desfrutar de suas performances e rir sobre seus pontos de vista sobre a Igreja Católica, lugar da qual ela foi excomungada três vezes. "É bom olhar para este largo mundo e ver que nós mudamos. No final do dia, a mensagem de Jesus é amar o próximo como a si mesmo, e isso significa não julgar. E para fazer isso, você tem que estar mais aberta e aceitar as pessoas que têm estilos de vida que você acredita não ser convencional ", disse a artista.

A cantora ainda relatou que o que acha sobre Papa Francisco. "Eu acho que ele é bom, sim. Também acredito que ele é o tipo de Papa que você poderia sentar e tomar uma xícara de chá com ele ou que você poderia fazer uma piada sobre algo e ele iria rir sobre isso", pontuou.

A vencedora do Grammy aproveitou para brincar sobre o fato dela ser excomungada da igreja. "Eu tenho um longo relacionamento com o Papa, com o Vaticano, com a Igreja Católica e com a minha excomunhão", disse. "De qualquer forma, você sabe, eu fui criada como católica, e não importa o caminho espiritual que eu siga, eu sempre sinto algum tipo de conexão inexplicável com o catolicismo”.

Sexo e Religião

Madonna deixa claro que ela, propositalmente, mistura sexo e religião em suas performances numa tentativa de "provocar as pessoas com conceitos de sexo e ponto de vista sobre a sua religião". Cerca de 10 anos atrás, o antecessor de Francisco, o Papa Bento XVI e os católicos em todo o mundo condenaram uma performance da artista durante a turnê Confessions (2006) onde Madonna canta a canção “Live to Tell” imitando Jesus, presa a uma cruz reluzente com uma coroa de espinhos sobre sua cabeça em Roma. Com a aprovação do Papa Bento XVI, o cardeal Ersilio Tonino foi chamado para a excomunhão da cantora.

"Desta vez os limites tenham ido longe demais. Este concerto é uma blasfêmia à fé e uma profanação da cruz", disse o cardeal em uma declaração na época. "Ela deve ser excomungada”, finalizou.

veja também